Android P deve suportar nativamente as telas com chifres

O Android Oreo está presente em apenas 1,1% dos aparelhos, mas o Google já trabalha ativamente na próxima versão. De acordo com a Bloomberg, o Android P terá novidades no design, melhorias no consumo de bateria e um recurso polêmico: o suporte nativo às telas com formatos diferentes, como a do iPhone X.

Fontes contam ao veículo que o Android P suportará aparelhos com múltiplos displays, bem como telas dobráveis ou com “chifres”. O espaço não ocupado pelo painel poderia abrigar câmeras frontais e outros sensores. A teoria é que isso ajudaria o Android a ganhar mais usuários no segmento premium, onde a Apple domina com os iPhones (e o iPhone X, que vem sendo o modelo mais vendido da empresa desde o lançamento).

Por enquanto, o Essential Phone é o único grande smartphone com Android a ter um buraco na tela, mas já vimos que o Moto X5 deve adotar um entalhe como o do iPhone X, e a Bloomberg diz que a Huawei também trabalha em algo parecido. Em tese, o suporte nativo às telas com chifres no Android permitirá que várias outras empresas sigam o mesmo caminho, então provavelmente veremos novidades neste ano.

Outras possíveis novidades do Android P incluem uma atenção maior ao Google Assistente, que deverá ter seus comandos de voz integrados aos aplicativos de terceiros; e uma mudança expressiva na interface, diferente do iOS 12, que poderá ter novidades adiadas para focar em estabilidade.

O Google ainda não confirma nenhuma novidade sobre o Android P. Ele deverá ser revelado oficialmente durante o Google I/O 2018, que acontece em maio. E, para os curiosos de plantão, o Android P é chamado internamente de Pistachio Ice Cream; no entanto, o doce costuma mudar até o lançamento (o Android Oreo era conhecido como Oatmeal Cookie, por exemplo). Eu ainda voto em Android Paçoca.

Android P deve suportar nativamente as telas com chifres

via Tecnoblog

Deixe uma resposta