Waymo vai trabalhar com ainda mais carros autônomos

Você já deve ter ouvido falar dos carros autônomos, os conhecidos veículos que se locomovem pelas cidades e estradas sem um motorista. Parece conversa de filmes de ficção científica, certo? Bom, nem tanto assim. Acontece que há empresas que já estão trabalhando em veículos do tipo, como a montadora GM, que anunciou recentemente um carro que não possui nem mesmo volante ou pedais. Agora, a próxima a entrar no jogo é a Waymo, empresa matriz da Google. 

No momento, a Waymo está trabalhando em um projeto para criar uma espécie de serviço de veículos particulares nos Estados Unidos, mas com um diferencial: os carros não terão motoristas. Para ajudar na empreitada, a montadora Fiat vai providenciar milhares de novas minivans da linha Chrysler Pacifica, que são autônomas, justamente para que a Waymo tenha uma quantidade de veículos suficiente para o projeto caminhar.  

Essa parceria não é exatamente uma novidade: em maio de 2016, 100 minivans já foram entregues, sendo que outras 500 chegaram apenas no ano passado. Trata-se de veículos que mesclam hardware da direção autônoma e softwares já previamente instalados. 

1

Mesmo assim, já podemos ter uma noção de como a Waymo e a FCA têm uma relação bacana e pretendem se ajudar quando necessário; afinal, os veículos da linha Pacifica podem ajudar a resolver mais de um problema da Waymo. Basta considerar que, atualmente, as 600 vans em posse da empresa não são um número muito bom. 

Além disso, as minivans em questão comportam até oito passageiros, o que resolve também a demanda de possuir um veículo que possa levar várias pessoas de uma vez só, algo essencial nesse tipo de serviço. E, sejamos sinceros, existe algo melhor para uma montadora do que ter seus veículos sendo utilizados por uma das maiores empresas de tecnologia autônoma? 

A ideia é começar utilizando, ainda neste ano, um programa piloto que também não vai contar com motoristas. A primeira remessa de veículos será entregue à Waymo até o final de 2018, mas não há informações mais detalhadas a respeito de datas. Contudo, os veículos ainda vão manter o volante e os pedais no banco do motorista. 

2

 Waymo é uma das empresas que mais estão à frente das concorrentes quando o assunto é o desenvolvimento de veículos autônomos, e os testes já foram iniciados em cidades norte-americanas como São Francisco, Detroit, Atlanta e outras. Contudo, ainda há alguns obstáculos legais que acabam impedindo um desenvolvimento maior dos veículos, principalmente quando o assunto é segurança dos passageiros. Na verdade, a Waymo já fez testes com clientes voluntários, mas sempre com um engenheiro da empresa no banco do motorista para tomar as rédeas – ou, melhor dizendo, o volante. 

John Krafcik, CEO da empresa, declarou em entrevista que esse é um belo passo para o projeto dos veículos autônomos. A partir do momento que eles vão para a estrada, os desenvolvedores percebem que estão saindo dos estágios iniciais, como pesquisa e desenvolvimento, para finalmente chegarem à parte prática.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: