Não é só glitter: 800 milhões de vírus caem do céu todos os dias

Um número assustador de vírus está circulando pela atmosfera da Terra – e caindo do céu -, de acordo com uma pesquisa realizada em conjunto por cientistas do Canadá, Espanha e Estados Unidos.

Esta é a primeira vez que pesquisadores conseguem quantificar os vírus que são levados da superfície da Terra para a troposfera, para além dos sistemas de clima do planeta – mas abaixo da estratosfera, onde jatos costumam voar. Os vírus podem ser carregados por milhares de quilômetros antes de cair de novo na superfície.

Curtis Suttle, virologista da University of British Columbiaum dos principais autores do estudo, comentou as descobertas no periódico International Society for Microbial Ecology Journal. “Há cerca de 20 anos nós começamos a encontrar vírus geneticamente similares circulando em diversos ambientes ao redor do planeta. A preponderância de vírus de longa estadia viajando pela atmosfera explica isso – e é bem concebível ter um vírus levado de um continente a outro”, afirma.

Bactérias e vírus são varridos pela atmosfera em pequenas partículas de poeira do solo e maresia.

A ideia primária dos cientistas era entender quanto deste material é carregado numa altura que varia de 2,5 mil e 3 mil metros. Nessa altitude, partículas estão sujeitas a transporte de longas distâncias – o que não acontece em alturas menores.

Utilizando plataformas localizadas nas montanhas espanholas de Sierra Nevada, os pesquisadores encontraram bilhões de vírus e dezenas de milhões de bactérias sendo depositadas diariamente por metro quadrado.

via Superinteressante

Deixe uma resposta