Código-fonte do sistema de inicialização do iOS vaza na web

Uma parte bastante importante do código-fonte do iOS foi vazada na web nesta quinta-feira (8). De forma anônima, os códigos foram divulgados no GitHub e consistem no sistema conhecido como iBoot, responsável pela inicialização do sistema operacional nos smartphones e tablets da Maçã.

Com essas informações, hackers podem, por exemplo, descobrir e explorar vulnerabilidades do sistema a fim de destravar os aparelhos da Apple, facilitando o processo conhecido como jailbreak. Apesar de o vazamento ser de códigos do iOS 9, é bem provável que boa parte das informações continue igual no iOS 11, a versão mais recente do SO.

Códigos foram publicados anonimamente no GitHub e ninguém assumiu a autoria do vazamento até agora

Apesar de nos últimos anos ter liberado parte de seus códigos para o público, a Apple sempre tomou muito cuidado com o iBoot. Tanto é que bugs encontrados nesse processo rendem maiores recompensas para quem os descobre, o que destaca a gravidade do vazamento reportado hoje pela Motherboard.

Especialista consultado pela publicação, Jonathan Levin não apenas indica que os códigos são verdadeiros como chama o evento de “o maior vazamento da história”. Autor de livros sobre iOS e macOS, Levin afirma que os códigos se assemelham a informações obtidas por ele por meio de engenharia reversa nos sistemas da Apple.

Apple age rápido

Poucas horas depois de os códigos serem publicados na web, a Apple usou a Lei de Direitos Autorais do Milênio Digital (DMCA, na sigla em inglês) para solicitar a remoção do conteúdo. Como o iBoot contém código proprietário da Maçã e foi liberado sem autorização, o GitHub atendeu à solicitação da companhia e removeu o conteúdo.

Esta não foi a primeira vez que códigos do iBoot circularam na web. No ano passado, um usuário publicou os dados no Reddit, mas a informação foi dada como falsa. Agora, porém, a coisa parece realmente mais séria, tanto é que a própria Apple agiu rapidamente para evitar danos maiores.

É natural pensar, entretanto, que muita gente teve acesso aos códigos antes de eles terem sido removidos da web. Se a Apple se enche de preocupações com este fato, a comunidade de jailbreak deve estar celebrando. A empresa de Cupertino ainda não emitiu qualquer comunicado sobre o tema e não se sabe quem é o responsável pelo vazamento.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: