Primeiros reviews do Apple HomePod elogiam som e criticam Siri

Primeiro alto-falante da empresa de Cupertino chega oficialmente ao mercado nesta sexta-feira, 9/2, com preço sugerido de US$350 nos EUA.


Com o seu lançamento cada vez mais próximo (no dia 9 de fevereiro), os primeiros reviews do HomePod começaram a ser publicados nos EUA nesta semana, e eles são muito positivos – desde que você esteja interessado em comprar o alto-falante inteligente de 350 dólares da Apple apenas pela qualidade do som. No entanto, a “inteligência” do HomePod ainda está deixando muito a desejar, pelas primeiras análises do produto.

Isso é não é uma grande surpresa, uma vez que a Siri é lamentavelmente inadequada em outros aparelhos e a Apple não deu nenhum indicativo de ter melhorado a sua assistente digital para o HomePod. Mas parece que o resultado foi pior do que o esperado. O jornalista Brian X. Chen, do New York Times, por exemplo, lamenta as habilidades da Siri no novo alto-falante e afirma que “a Siri nem funciona tão bem no HomePod como acontece no iPhone”. 

Por exemplo, a Siri não consegue chamar um Uber (algo que o CEO da Apple, Tim Cook, destacou como um recurso do alto-falante em evento recente), não consegue ler receitas, e não consegue criar e acessar eventos na agenda no novo alto-falante. O jornalista do NYT diz que a assistente encontrou problemas até mesmo para encontrar músicas que ele gosta, uma área em que a solução da Apple deveria se destacar. “Mas após uma semana – durante a qual eu pedi para o HomePod tocar minhas músicas favoritas de artistas como Beck, The Talking Heads e David Bowie – o alto-falante inteligente ainda não tinha aprendido. Em vez disso, como um DJ teimoso, a Siri continuava tocando músicas fora do meu gosto musical: como Taylor Swift e Leroy Frances, apenas para citar dois exemplos.”

O jornalista Nilay Patel, do The Verge, teve uma experiência musical muito melhor do que seu colega do NYT, destacando especialmente a habilidade do HomePod em escutar o seu comando de despertar. No entanto, ele também lamentou a falta de habilidade da Siri para distinguir vozes diferentes na hora de solicitar a leitura e o envio de mensagens pelo recurso pedidos pessoais, por exemplo. “Isso também foi decepcionante: os iPhones não respondem a qualquer um dizendo ‘Hey Siri’ uma vez que você os tenha treinado com a sua voz, e o HomePod roda uma variante do iOS em um chip A8, o que permite dizer ‘Hey Siri’ no iPhone 6 quando o aparelho está ligado na tomada. Questionei a Apple sobre isso, e não houve uma resposta clara além de a empresa destacar que o recurso pedidos pessoais que habilita o envio de mensagens pode ser desabilitado. E concordo com isso: até que a Apple adicione reconhecimento de voz personalizado a esse negócio, você definitivamente deveria desabilitar o recurso de pedidos pessoais.” 

No TechCrunch, o jornalista Matthew Panzarino afirma que o HomePod oferece “ótimo reconhecimento de voz, superando de longe a habilidade de outros alto-falantes inteligentes para ouvir você dizendo um comando mesmo à distância ou enquanto o aparelho reproduz música”. No entanto, Panzarino nota que “a Apple ainda precisa avançar muito com a Siri, claramente o motivo para ela estar focando na qualidade do alto-falante e na simplificada proposta de valor de ser um canal para o Apple Music”.

applehomepoddestaque_625.jpg

Áudio superior

Quando o assunto é a qualidade de áudio, no entanto, todos os jornalistas e especialistas concordaram que o HomePod se destaca positivamente. O jornalista Jim Dalrymple, do The Loop, afirmou que “não há comparação quando você compara a qualidade de som do HomePod com aparelhos rivais – eles são muito ruins…O som das músicas reproduzidas no HomePod é incrível, e certamente muito melhor do que qualquer outro alto-falante inteligente disponível atualmente no mercado”.

Joanna Stern, do The Wall Street Journal, também se mostrou impressionada pelas habilidades de áudio do HomePod. “Quando coloquei o HomePod no palco de um teatro para 450 pessoas, pude ouvir a música ‘Shape of You’, de Ed Sheeran, perfeitamente na última fileira”, afirmou. 

No entanto, a jornalista do WSJ afirmou que os graves “aparecem com muito destaque na mixagem (de som)” e questionou a razão para a Apple não ter incluído um equalizador para ajustar a mixagem do HomePod. Assim como outros jornalistas, ela concluiu que o HomePod é o melhor alto-falante para os assinantes do serviço de streaming Apple Music, mas afirmou que os usuários de plataformas rivais, como Spotify e Google Play Music, podem querer esperar para comprar um.

Panzarino, do TechCrunch, resumiu o HomePod da seguinte maneira: “Se você não gosta do Apple Music, não compre o HomePod”.

O Apple HomePod chega às lojas dos EUA nesta sexta-feira, 9/2, com preço sugerido de 350 dólares. Ainda não há previsão de quando o aparelho será lançado no Brasil.

via IDG Now!

Deixe uma resposta