Ex-funcionários da indústria tecnológica lançam campanha contra redes sociais

Muita gente que trabalhou na indústria de tecnologia, principalmente em redes sociais, está agora focada em divulgar informações sobre os efeitos negativos dessas plataformas para as crianças.

Ex-funcionários do Facebook e da Google, principalmente, fundaram uma organização, o Center for Humane Technology, para sensibilizar a sociedade sobre o vício de tecnologia.

Eles lançaram a campanha Truth About Tech (a verdade sobre a tecnologia), que recebeu financiamento de US$ 7 milhões do grupo de vigilância Common Sense Media para divulgar o movimento.

DirecTV e Comcast vão doar US$ 50 milhões em mídia gratuita e tempo de exposição para a campanha.

O foco do CHT está no uso das mídias sociais não controladas pelas crianças. Em entrevista ao The New York Times, Tristan Harris, cofundador do CHT e que trabalhava na área de ética da Google, foi contundente sobre a preocupação do grupo: "Os maiores supercomputadores do mundo estão dentro de duas empresas — Google e Facebook — e para onde estamos apontando? Para o cérebro das pessoas, de crianças".

Campanha na escola

A Truth About Tech se inspirou nas campanhas antitabagistas para modelar seu trabalho. As ações vão se concentrar em 55 mil escolas públicas com o objetivo de orientar estudantes, pais e professores sobre os efeitos colaterais do uso excessivo da tecnologia. Um dos problemas gerados é a depressão, que vem atacando cada vez mais jovens.

Outro esforço virá do lobby. Os Estados da Califórnia e do Massachusetts já pretendem financiar pesquisas sobre o impacto da tecnologia sobre a saúde das crianças.

via Canaltech

Deixe uma resposta