Optar pelo coaching ajudará você a alavancar sua carreira?

Metodologia alia autoconhecimento com disciplina e pragmatismo e tem ajudado cada vez mais profissionais a se destacarem em suas áreas de atuação


Os programas de coaching começaram a despertar a atenção dos gestores há alguns  anos, quando a retenção de talento passou a fazer parte do desafio das empresas. Os benefícios proporcionados pelo coaching aos executivos, como o gerenciamento de conflitos, o desenvolvimento de relacionamentos interpessoais e o aumento da performance e produtividade, garantiram o sucesso da sua implementação em várias empresas.

Geralmente são desenvolvidos para profissionais mais experientes, geralmente para executivos e gestores que possuem “desafios” no relacionamento com seus pares, superiores, subalternos, clientes e/ou fornecedores, ou aqueles que precisam aprimorar o desempenho no trabalho. Daí a semelhança com a definição de coach: uma pessoa que “treina” executivos para uma determinada tarefa, missão ou necessidade. Ou seja, um personal trainner de carreiras profissionais.

O objetivo é manter profissionais mais produtivos, com objetivos de carreira definidos e alinhados à cultura organizacional.

Mas afinal, como o coaching pode, de fato, ajudar as pessoas a se destacarem no mercado de trabalho?  E quais os sinais de que está na hora de contratar um consultor para alavancar sua carreira profissional e ter seu próprio coach executivo?

Na opinião de José Roberto Marques, presidente do Instituto Brasileiro de Coaching – IBC, tudo começa com algumas perguntas essenciais para a evolução profissionais: “Como conquistar a realização profissional? Será que é possível atingir o sucesso mesmo não sendo mais tão jovem? Ou mesmo sendo bastante jovem? Quais as competências e habilidades que fortalecem as chances de êxito de uma pessoa?

Estes são questionamentos permeiam a mente de quem busca realizar-se por meio do seu trabalho e de todos que buscam o sucesso devem se fazer também.

Outros profissionais afirmam que os executivos devem procurar ajuda se:

1. Estiverem frustrados com seu trabalho e sem ideias para possíveis alternativas profissionais;

2. Estiverem em busca de um novo emprego, mas suas iniciativas (envio de currículos, entrevistas) não estiverem rendendo frutos reais;

3. Necessitarem atualizar os currículo ou pedirem cartas de apresentação;

4. Embora tenham se esforçado, não estiverem conseguindo progredir profissionalmente, especialmente entre seus pares das áreas de negócios

5. Precisarem se diferenciar;

6. Não conseguirem  transformar seus desejos profissionais em metas objetivas;

7. Estiverem ansiosos para adquirir conhecimento;

E como o Coaching pode alavancar sua carreira?  

Segundo José Roberto Marques, através de cinco pontos:

1. Desenvolvendo o autoconhecimento: somente quando nos conhecemos verdadeiramente é que conseguimos nos tornar seres evoluídos e realizados, seja pessoal ou profissionalmente falando. Sendo assim, uma das etapas fundamentais do processo de coaching de Carreira diz respeito ao autoconhecimento.

2. Desenvolvendo metas e objetivos claros: o coach vai atuar no sentido de entender quais são as metas e objetivos que o profissional deseja alcançar por meio de sua carreira. Assim, ele deve ajudar o indivíduo a colocar no papel aquilo que pretende atingir por meio de sua trajetória profissional, lembrando sempre de estipular um cronograma, com prazos reais para que tais metas e objetivos sejam plenamente alcançados.

3. Identificando pontos fortes e pontos de melhoria: este é um dos pontos essenciais para que o profissional tenha ciência dos recursos que tem, e que o ajudarão a se tornar um ser humano realizado, e o que precisa melhorar para fazer com que isso aconteça. Aqui, o papel do coach é ajudar o indivíduo a conhecer melhor quais são os pontos que lhe favorecem e que precisam ser fortalecidos, e quais são aqueles que devem ser melhorados ou podem ser eliminados ao longo do processo, pois estão mais atrapalhando do que ajudando na realização profissional

4. Alinhando vida pessoal e profissional: se uma pessoa está se sentindo realizada pessoalmente, mas não encontrou a realização em sua carreira, dificilmente vai ser sentir completa de fato, uma vez que sempre estará sentindo falta de alguma coisa. O contrário também pode acontecer, ou seja, ter realização profissional, porém a vida pessoal não andar muito bem. O papel do coach será de ajudar o profissional a encontrar o ponto de equilíbrio

5. Trabalhando na evolução Contínua: após o processo de coaching, o profissional tem então todo o suporte de que precisa para ser mais efetivo em seu trabalho, em seus relacionamentos interpessoais na empresa; mais assertivo em sua tomada de decisão, na comunicação, para evoluir de forma contínua.

Por meio deles, é possível compreender com mais clareza quais são os seus pontos fortes, habilidades, diferenciais, os aspectos que precisam ser melhorados ou mesmo eliminados.

“O autoconhecimento é o primeiro passo dessa jornada e o coaching é uma abordagem muito poderosa para quem quer conhecer a si mesmo”, diz José Roberto Marques.

 

via IDG Now!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *