Sharp lança seu primeiro smartphone com Android One

A Sharp anunciou nesta semana o seu primeiro smartphone que faz parte do programa Android One. O sistema operacional leve da Google foi desenvolvido para rodar em aparelhos bem básicos sem perder o desempenho, mas parece que a fabricante quis criar uma espécie de “Android One Premium”.

O dispositivo se chama Sharp Android One S3, e não se trata de uma versão paralela do Aquos S3 da mesma marca. Eles têm muito pouco a ver um com o outro, na verdade. A começar pelo design. O visual do smartphone com Android One é um tanto retrô e lembra dispositivos que a Apple e a Nokia lançaram há alguns anos: carcaça em plástico colorido, frente com bordas espeças em totalmente pretas.

Ainda assim, não dá para dizer que o aparelho é feio. Ele tem sim o seu “charme” retrô, e a carcaça é mais resistente do que parece. A fabricante afirma que este aparelho tem certificação IP68, o que garante resistência a água e poeira. Ele também é resistente a impactos.

No campo do Android One esse aqui é um hardware relativamente premium, ainda mais com a certificação IP68

No que tange às especificações, temos um processador Snapdragon 430, 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento local com possibilidade de expansão com cartões micro SD. A tela mede 5,0’’ na diagonal, e a resolução é Full HD. A câmera frontal tem 5 MP, e a traseira vem com 13 MP. Por fim, temos a bateria com 2.700 mAh.

Nada disso é muito impressionante na comparação com aparelhos Android top de linha ou mesmo intermediários comuns, mas no campo do Android One esse aqui é um hardware relativamente premium, ainda mais com a certificação IP68. Talvez apenas o Moto X4 Android One e o Xiaomi Mi A1 seja mais interessante do que o modelo da Sharp.

Android One

O Android One foi desenvolvido pela Google para que aparelhos baratos pudessem entregar uma boa experiência de uso aos usuários em mercados como a Índia e a China. Contudo, esse SO leve e econômico — tanto no aspecto financeiro quanto no do consumo de dados móveis, bateria e espaço de armazenamento — já começou a aparecer em mercados considerados mais ricos, como os EUA e, agora, o Japão.

O Sharp Android One S3, por sua vez, será vendido apenas no Japão por 32.400 ienes, quase R$ 1 mil na conversão de hoje. Contudo, esse aparelho é considerando caro para o programa Android One, que muitas vezes traz aparelhos por menos de R$ 500.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: