Funcionários da Apple são hospitalizados após acidente com bateria em Hong Kong

Dois funcionários da loja da Apple em Hong Kong precisaram ser hospitalizados com urgência nesta sexta-feira (2) após a bateria de um dispositivo ter superaquecido, com os dois empregados inalando a fumaça tóxica gerada. No instante do incidente, os funcionários faziam reparos no iPhone de um cliente.

A loja, situada em um shopping, precisou chamar o serviço de emergência local para atender os funcionários, que, por sorte, conseguiu extrair a bateria antes que ela pudesse causar mais danos, como, por exemplo, explodir. A loja não precisou ser evacuada.

Um representante da Apple disse que o caso "foi um incidente mínimo", sendo que a loja rapidamente retomou as operações normais e nenhum cliente foi afetado. Agora, a companhia investiga o incidente internamente, mas as autoridades locais também conduzem suas investigações paralelas. A ideia é descobrir se a bateria danificada que intoxicou os funcionários faz parte dos lotes de iPhones mais antigos que entraram no programa de troca de bateria da empresa.

O programa foi lançado globalmente, reduzindo o preço da troca do componente em iPhones que tiveram sua performance reduzida para priorizar a capacidade de baterias avariadas. Essa não é a primeira vez que uma bateria causa problemas em estabelecimentos da Maçã, sendo que, no início do mês, uma loja da Apple na Suíça precisou ser evacuada porque uma bateria emitiu fumaça na mesa de atendimento, ferindo sete pessoas.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *