Você usaria este cinto com airbag para proteger seu quadril?

Uma das novidades da CES 2018 é um cinto com airbags da empresa francesa especializada em airbags Helite. Ele não é muito discreto, mas promete proteger o quadril em caso de quedas. Você pode pensar que não tem muita utilidade para o seu dia a dia, mas o público-alvo do Hip’Air são os idosos, que sofrem com as quedas. Saindo por US$ 800, o cinto com airbag absorve o impacto do usuário e evita maiores riscos de fraturas.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=TdHoBTYgQrE?start=0]

A Helite desenvolve e fabrica airbags para praticantes de esportes como esqui, motociclismo, hipismo e há 10 anos realiza pesquisas para desenvolver produtos para o público idoso. De acordo com a empresa, em 2050 serão registradas 5 milhões de fraturas de quadris em pessoas do mundo todo. Outras informações levantadas pela Helite revelam que 23% de pessoas com mais de 55 anos vão morrer dentro de 1 ano após uma fratura no quadril e 50% das vítimas perdem sua autonomia devido a fraturas no quadril. 

Foi de olho nesses dados que o cinto Hip’Air foi desenvolvido. Leve, o produto tem uma fivela de plástico na parte da frente e é equipado com inflador e sensor de queda, que aciona os airbags cerca 0,2 segundo antes da queda para proteger o quadril. A promessa da empresa é de que o cinto absorve cerca de 90% do impacto, mas, como o produto é novo, ainda não há relatos sobre a eficiência desse número. O que se sabe é que os protetores de quadris padrão asseguram uma absorção de apenas 10% do impacto.

A ideia do cinto com airbag é excelente e certamente beneficiaria muitas pessoas idosas ao redor do mundo. Mas aí surgem os problemas: pesquisas específicas sobre uso de protetores de quadris apontam que as pessoas mais velhas não estão dispostas a utilizar esse tipo de acessório — problemas de design e falta de compreensão de fatores pessoais atrapalham a aderência. Outra barreira é o preço: US$ 800 não é um valor muito acessível, especialmente para um público que já tem muitos outros gastos relacionados à saúde. 

Para quem se interessou e tem a possibilidade de desembolsar o valor do cinto, o Hip’Air só vai ser comercializado em março e inicialmente só vai ser vendido na França. 

Gemini PDA com Android e 64 GB de memória é aposta retrô na CES 2018

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *