WeChat é acusado de guardar histórico de conversas de seus usuários

A Tencent, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, foi acusada de armazenar conversas de usuários do seu aplicativo de mensagens, o WeChat, uma espécie de “WhatsApp chinês”. E a acusação não veio de um utilizador anônimo, mas de Li Shufu, presidente da fabricante de veículos Geely, dona da Volvo.

Veículos da imprensa chinesa noticiaram uma fala de Shufu na qual ele sugere que o presidente da Tencent “deve estar observando os nossos WeChats todos os dias”. A companhia negou a acusação e foi a público se defender. “O WeChat não armazena qualquer histórico de conversa de usuários. Ele fica armazenado apenas nos celulares, computadores e outros terminais dos usuários”, informou a empresa.

WeChatWeChat é um dos apps de mensagem mais usados no mundo.

Além de negar que guarda as conversas de seus utilizadores, a desenvolvedora garantiu que não armazena sequer informações anônimas para fins de Big Data. Sendo assim, “o rumor de que ‘nós estamos observando o seu WeChat todos os dias’ é puramente um mal-entendido”, garante a gigante chinesa.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: