Aplicativo para Android rouba informações de usuários e motoristas Uber

A Symantec descobriu um aplicativo malicioso que tem como alvo usuários e motoristas da Uber. No caso, o malware abre janelas de login em pop-ups, exigindo o email/nome de usuário e a senha da conta Uber — caso a vítima seja ludibriada, as informações são enviadas ao agente malicioso.

Segundo os pesquisadores que encontraram o malware, quando instalado no smartphone, ele utiliza links — deep links, como um acesso direto para páginas internas — com o próprio app original da Uber e exibe a localização exata do usuário/motorista no momento da ação. Dessa maneira, é mais fácil enganar a vítima.

Com uma conta Uber roubada em mãos, cibercriminosos podem realizar corridas e até vender o login na internet

“Para não alertar o usuário, o malware exibe a tela legítima do app que mostra a localização atual do usuário, o que não levantaria suspeitas normalmente”, comentou Dinesh Venkatesa, engenheiro da Symantec. “É um caso que, novamente, demonstra como os autores de malwares têm uma missão que nunca se acaba em encontrar novas técnicas de engenharia social, tudo para enganar e roubar os usuários”.

Felizmente, a Symantec deixa claro que o malware não encontrou caminho dentro da Google Play Store, então poucos usuários acabam sendo afetados. Em primeiro lugar, o usuário precisa ser ludibriado a baixar o app via phishing, por exemplo, para depois instalar o programa no celular de uma fonte desconhecida — e a maioria dos aparelhos tem essa capacidade travada por padrão.

Um porta-voz da Uber comentou sobre o caso e disse que, por isso, “é importante que os usuários baixem conteúdo apenas da Play Store”. “Contudo, queremos proteger nossos usuáruos e, caso aconteça um erro, é por isso que temos vários sistemas e controles de segurança para detectar e bloquear logins não autorizados”, finalizou.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: