Motorola é notificada por vício na câmera do Moto X4

A Proteste, associação que defende os direitos dos consumidores, notificou a Motorola devido a problemas na câmera frontal do Moto X4. Segundo a entidade, o componente “não consegue focar perfeitamente o objeto que está em primeiro plano” em uma selfie, deixando o fundo mais nítido que o rosto do usuário.

A associação afirma que analisou relatos de consumidores do Moto X4 nas redes sociais e comprou o aparelho para verificar o defeito. “Como você vê abaixo, a garrafa na foto feita com o iPhone está mais focada do que no clique do celular da Motorola, o qual colocou seu foco todo no casaco”, diz o comunicado.

De fato, o Tecnoblog notou a falha no review do produto: “Embora seja equipado com uma câmera frontal de 16 megapixels, um número que chama atenção, o Moto X4 tem um grande problema: ele não consegue focar direito. Por um momento eu me lembrei das velhas câmeras com foco fixo: o fundo constantemente fica mais focado que meu rosto. A única forma de tirar uma selfie nítida foi afastando bastante a câmera — um problema que não deveria ocorrer em um smartphone dessa faixa de preço”.

Procurada, a Motorola afirmou ao Tecnoblog que “entrará em contato com a associação para entender os critérios e os parâmetros utilizados, que levaram aos resultados divulgados, bem como para solicitar as amostras utilizadas para análise”. Diz ainda que os produtos “são fabricados segundo rigorosos processos de controle de qualidade e primam pela inovação, design e praticidade”.

Segundo a Proteste, quem comprou um Moto X4 pode solicitar o dinheiro de volta, a troca do celular por outro em perfeitas condições ou o abatimento proporcional dos valores pagos, com base no art. 18 do Código de Defesa do Consumidor. Além disso, a associação pediu esclarecimentos à Motorola e solicitou que “seja feita uma ampla divulgação quanto a esse vício na câmera”.

Você comprou um Moto X4? Notou o problema na câmera frontal?

Motorola é notificada por vício na câmera do Moto X4

via Tecnoblog

Deixe uma resposta