O que a Salesforce tem a ensinar aos empreendedores

“A gente não dava atenção aos nossos clientes.” Foi assim que Daniel Hoe, diretor de marketing da Salesforce para a América Latina, definiu a maior crise que a empresa de computação na nuvem já viveu.

Segundo ele, a Salesforce quase faliu por não escutar os seus clientes e só percebeu sua falha depois de identificar que 84% de seus consumidores abandonavam seus serviços em menos de um ano.

Para ele, atualmente os consumidores têm muito mais poder, informação e conhecimento. Sendo assim, atualmente para uma empresa ter melhor desempenho é necessário centrar-se no cliente. 

Uma pesquisa da consultoria CEB mostrou que os compradores só entram em contato com a área de vendas de uma empresa depois que quase 60% do ciclo de compra já foi realizado. Isso significa que as áreas de vendas agora precisam adicionar muito mais benefício aos clientes, com informações valiosas, experiência simples e transparência de compra.

“O ideal é dividir a equipe de vendedores e de pessoas dedicadas apenas à prospecção. Hoje em dia a empresa tem que ter uma pessoa só para encontrar possíveis clientes e outra só para vende", sugere.

Outra solução encontrada pela empresa para voltar a crescer foi lançar ferramentas que os clientes pendem. Os pedidos mais votados pelos próprios usuários agora são desenvolvidos e incorporados às soluções da Salesforce. Para Hoe, essa é a melhor maneira de mostrar aos clientes que eles estão sendo ouvidos.

via Canaltech

Deixe uma resposta