Google revela que se uniu à Intel para criar chip de IA para o Pixel 2

A Google se pronunciou recentemente para falar sobre algumas características de hardware dos aparelhos da linha Pixel 2. Na ocasião, a gigante das buscas revelou que fez uma parceria com a Intel para projetar um coprocessador voltado para recursos de inteligência artificial.

Apelidado de Pixel Visual Core, o chip foi implementado nos smartphones Pixel 2 e Pixel 2 XL, equipado ao lado do poderoso Snapdragon 835, da Qualcomm.

Embora o foco do Pixel Visual Core seja em atividades que envolvam inteligência artificial, ele também é capaz de garantir mais velocidade e maior tempo de autonomia da bateria do dispositivo ao capturar fotos com a tecnologia HDR+.

Google Pixel 2

Segundo o AndroidAuthority, o chip possui um conjunto de oito núcleos físicos, capazes de executar mais de 3 trilhões de operações por segundo, possibilitando que os aparelhos Pixel executem o processamento de fotografias sem a necessidade de um sensor adicional.

Apesar do envolvimento da Google com tecnologias de inteligência artificial e aprendizagem de máquina não ser algo novo, sua recente parceria com a Intel para a elaboração do Pixel Visual Core é uma estratégia muito interessante e que pode ser benéfica para ambas as empresas.

Em conversa com a CNBC, um porta-voz da Google reiterou que a escolha da parceria ocorreu, em grande parte, devido ao fato de que nenhum outro chip disponível no mercado seria capaz de atender aos requisitos técnicos que a gigante das buscas queria para os novos aparelhos Pixel, e uma vez que a Intel já se mostrou muito eficiente na pesquisa e desenvolvimento de tecnologias de inteligência artificial, essa foi a decisão mais lógica a se tomar.

via Canaltech

Deixe uma resposta