Zuckerberg está investindo US$ 45 milhões em ‘causas políticas’ nos EUA

De acordo com informações da Vice News, a organização filantrópica de Mark Zuckerberg e sua esposa, Priscilla Chan, estaria investindo no decorrer de 2017 cerca de US$ 45 milhões em duas “causas políticas”, como a publicação as chama. O dinheiro está sendo investido em organizações menores que lutam contra os problemas da crescente população carcerária dos EUA e também em grupos que tentam encontrar soluções para os altos preços do mercado imobiliário no país.

Para isso, a Chan Zuckerberg Initiative (CZI) vem contratando pessoas especializadas no ramo político, inclusive nomes conhecidos que gerenciaram campanhas presidenciais dos EUA no passado. Isso estaria acontecendo porque a organização do CEO do Facebook funciona de uma maneira diferente. Apesar de ser filantrópica, ela é, para efeitos legais, uma empresa que visa o lucro e não uma ONG.

CZI paga impostos assim como outras empresas similares nos EUA e pode investir em causas lucrativas

Por isso, a CZI paga impostos assim como outras empresas similares nos EUA e pode investir em causas lucrativas, como é a situação imobiliárias em áreas mais ricas do país, como o estado da Califórnia. Por lá, pessoas que trabalham em “empregos comuns”, aqueles que não pagam tão bem, precisam viajar muitos km todos os dias para chegar em casa. Morar próximo das grandes empresas ou em áreas acessíveis é proibitivamente caro. Caso as soluções da CZI consigam resolver esse problema, a empresa pode lucrar em cima disso e depositar o dinheiro em seu fundo filantrópico novamente.

Claro que, para evitar o crescimento da população carcerária, as coisas podem não ser tão simples assim, mas o envolvimento de representantes políticos do governo é necessário. Por isso, a CZI vem contratando pessoas especializadas em lidar com essa classe e, essencialmente, fazer algum tipo de lobby ou mesmo disseminar ideias e conhecimento político nos locais impactados.

Para isso acontecer, Mark Zuckerberg vem viajando por várias partes dos EUA, o que tem levantado suspeitas sobre uma possível candidatura à presidência antecipada para o próximo ciclo eleitoral. A CZI e o próprio CEO do Facebook negam que esse seja o caso.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: