Foxconn produzirá até 10 milhões de unidades a menos de iPhone X em 2017

O iPhone X é a menina dos olhos da Apple para os próximos 12 meses, assim, é justo pensar que a empresa coloca todas as suas fichas na fabricação do novo aparelho. Entretanto, o último relatório de Ming-chi Kuo, analista da KGI Securities, aponta que a Foxconn deve produzir apenas entre 25 e 30 milhões de unidades do gadget em 2017.

A previsão cita até 10 milhões de unidades a menos do que as apostas iniciais, que giravam entre 30 e 35 milhões de iPhone X fabricados, embalados e disponíveis aos entusiastas da Apple espalhados pelo mundo. A situação deve mudar de figura apenas no próximo ano, porque empresas como LG Innotek e Sharp, ambas fornecedoras de componentes da Maçã, devem incrementar a sua produção a partir de novembro e dezembro de 2017 a fim de atender a alta demanda.

A Sharp estaria até mesmo recebendo ajuda da companhia General Interface Solution para produzir mais módulos de sensores 3D para a tela do iPhone X. A intenção da companhia japonesa aqui é sair na frente da rival LG Innotek, responsável por fornecer o mesmo componente para a gigante de Cupertino.

O novo iPhone X começa a ser vendido oficialmente em 3 de novembro e a previsão dos analistas é de que “apenas” de 2 a 3 milhões de unidades estejam disponíveis no dia. Apesar de significativo, o volume é consideravelmente inferior aos 10 milhões tradicionalmente disponibilizados pela empresa na estreia de seus novos lançamentos.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: