Hackers estão infectando Apple Macs com Proton, malware de controle total

Segundo pesquisadores da ESET, cibercriminosos estão infectando computadores Apple Mac com o malware Proton; dessa maneira, comprometendo o software Elmedia Player e o Folx. A injeção do malware aconteceu na versão gratuita do software disponível no site oficial de desenvolvedor da Eltima — e o Proton entra no Mac sem disparar qualquer alerta antivírus.

A desenvolvedora Eltima reconheceu a presença do malware e comentou o seguinte, como trouxe o HackRead: “No dia 19 de outubro de 2017, fomos informados pela ESET de que nossos servidores foram hackeados e os apps Folx e Elmedia Player estavam distribuindo malware. Apenas as versões dos softwares presentes em nosso site estavam infectadas. Contudo, o mecanismo integrado de atualização automática não foi afetado”.

A única maneira de limpar o Proton de um computador infectado é a reinstalação completa do sistema operacional

O malware Proton era vendido na Dark Web em 2016 por alguns bitcoins. Na época, a ferramenta maliciosa era buscada por muitos cibercriminosos por sua capacidade de vigilância e controle: ao infectar uma máquina, o Proton tem controle total do dispositivo, podendo roubar senhas, acompanhar troca de mensagens e vídeos em tempo real pela webcam, baixar arquivos etc.

A única maneira de limpar o Proton de um computador infectado é a reinstalação completa do sistema operacional. Apesar do problema ser corrigido no servidor da Elmedia, fica o alerta para usuários não realizarem downloads em sites terceiros para manter a integridade do computador.

  • Você pode checar se foi infectado seguindo os passos indicados pelo HackRead: 

mac appleMalware

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: