Bitcoin ultrapassa US$ 6 mil e valor de mercado chega a US$ 100 bilhões

— O que é aquilo lá no alto? É um pássaro? É um avião?

Não, é o preço do Bitcoin, que mais uma vez disparou e atingiu outro valor recorde em sua história. De acordo com o índice do site CoinDesk, a moeda digital ultrapassou a marca dos US$ 6 mil nesta segunda-feira (23), o que fez com que seu valor de mercado superasse os US$ 100 bilhões.

De acordo com o Quartz, no breve período em que a criptomoeda mais popular do mundo quebrou seu próprio recorde, seu criador, Satoshi Nakamoto, chegou a figurar como a 247ª pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna avaliada em US$ 5,9 bilhões.

Na seleta lista dos ricaços, Satoshi ficaria à frente de alguns nomes de peso, como dos herdeiros Ann Walton Kroenke, do Wal-Mart, e Jay Lee, da Samsung. Ainda segundo o Quartz, Satoshi teria uma quantidade estimada de 980 mil bitcoins, que estão intocadas há anos.

Porém, no momento da publicação deste post, o valor do bitcoin voltou a cair um pouco, sendo negociado por cerca de US$ 5.820 – mas que ainda mantém aquelas pizzas compradas em 2010 por 10 mil bitcoins como as mais caras da história.

Tecnocast 071 – Vale a pena investir em bitcoin?

Não é por acaso que tanta gente vem falando sobre Bitcoin. A criptomoeda já chegou a valorizar mais de 10.000% em apenas um ano e bateu recordes históricos em 2017: um único bitcoin passou a valer mais de dez mil reais. E muita gente acredita que o Bitcoin não apenas continuará essa subida exponencial, como um dia poderá substituir a moeda que nós temos.

Calma! Será que vale a pena investir em bitcoins? O que é minerar? O Bitcoin será a moeda corrente mundial? Como uma blockchain vive, se alimenta e se reproduz? Dá o play que a gente conta tudo!

Bitcoin ultrapassa US$ 6 mil e valor de mercado chega a US$ 100 bilhões

via Tecnoblog

Deixe uma resposta