Chuva de meteoros Orionidas atinge seu pico neste fim de semana

Neste final de semana, a chuva de meteoros Orinonidas atinge seu ápice – e até o Facebook está alertando sobre isso. O fenômeno anual, que sempre acontece em outubro, deve atingir seu pico entre os dias 20 e 21, permitindo que os riscos no céu sejam observados durante a madrugada deste final de semana no céu noturno, inclusive no Brasil.

De acordo com especialistas, os melhores momentos para observação acontecem à meia-noite, na virada desta sexta (20) para sábado (21), e também na passagem para o domingo (21). É preciso que o céu esteja limpo ao leste, nas proximidades da constelação d’As Três Marias, como Orion é conhecida no Brasil. É lá que está o radiante, ponto em que a chuva de meteoros se origina.

Origem da chuva de meteoros é próxima às Três Marias. (Imagem: Galeria do Meteorito)

Não há necessidade de usar nenhum equipamento específico ou de proteção para observar a chuva de meteoros, ela pode ser vista a olho nu. Mas, é claro, utilizar telescópios e outros acessórios permitem observar o fenômeno “mais de perto”, mas também podem dificultar a visualização, já que os riscos no céu passam bem rapidamente.

Além disso, o acontecimento pode ser visto de maneira melhor em áreas isoladas, longe das cidades, onde há menos luz e é possível ter uma visão mais clara do céu. Ainda, é preciso dar um tempo para que a visão se acostume com a escuridão, por isso, o ideal é se deitar no chão e dispensar os celulares e computadores até que a acomodação aconteça.

A expectativa para a Orionidas é de cerca de 20 meteoros por hora durante seu pico. O fenômeno já está acontecendo desde 15 de outubro e poderá ser observado até o dia 29, mas, claro, com uma redução no número de riscos após seu ápice.

via Canaltech

Deixe uma resposta