Tim Cook garante que o Mac mini é um produto importante da família Apple

Há três anos sem receber nenhuma atualização de hardware, há quem pense que o Mac mini estaria com os dias contados na família de produtos da Apple. No entanto, o CEO da companhia, Tim Cook, declarou que o computador compacto da Maçã é um item importante em seu catálogo, e não deverá sair de linha tão cedo.

A declaração foi dada em uma resposta de e-mail enviado por um consumidor da Apple, que questionava justamente o fato de o aparelho não ser atualizado há tanto tempo. Cook disse o seguinte ao usuário:

"Fico feliz que você ame o Mac mini. Nós também o adoramos. Nossos consumidores encontraram muitos usos criativos e interessantes para o mini. Embora não seja hora de compartilhar quaisquer detalhes, planejamos que o Mac mini seja uma parte importante de nossa linha de produtos no futuro".

Com a resposta de Cook, não fica claro se o Mini receberá uma atualização no ano que vem, ou se continuará sendo oferecido sem mudanças por mais um tempo. Mas, ao menos, agora sabemos que a máquina continuará no catálogo da Maçã.

A Apple recentemente investiu em upgrades do Macbook e do iMac, mas vem focando suas inovações em dispositivos móveis, como o iPad Pro, além de vestíveis, que é o caso do Apple Watch. Atualmente, o mac Mini custa a partir de US$ 499 no mercado internacional, e, aqui no Brasil, o mini-computador sai por R$ R$ 3.849 em sua versão mais modesta, chegando a custar R$ 7.349, para o modelo com processador Intel Core i5 de 2,8 GHz, 8 GB de RAM e armazenamento de 1TB e podendo ultrapassar os R$ 10 mil caso o cliente opte por turbiná-lo com um processador i7, 16 GB de RAM e Fusion Drive de 2 TB.

via Canaltech

Deixe uma resposta