Associações dos EUA insistem para que Apple libere rádio FM nos iPhones

Em setembro, a Federal Communications Comission (FCC) dos Estados Unidos, exigiu que a Maçã ativasse chips de rádio FM nos iPhones, mas a Apple respondeu que a partir do iPhone 7 os aparelhos sequer possuem chips de rádio em seu hardware, e também não contam com antenas para captar o sinal FM. Agora, o órgão, junto com a National Association of Broadcasters (NAB), segue insistindo para que a companhia de Cupertino libere o sinal de rádio em seus smartphones.

A exigência se dá por conta de desastres naturais, como furacões, por exemplo, que acabam deixando a população sem sinal de telefone, internet e televisão, restando apenas o rádio para se manterem informados. Como as pessoas hoje em dia já não costumam mais usar aparelhos de rádio, utilizando apenas smartphones para tal, as associações acreditam que a Apple esteja sendo irresponsável ao não oferecer o sinal de FM em seus aparelhos.

A Maçã respondeu, mais uma vez, dizendo que “a Apple se preocupa profundamente com a segurança de nossos usuários, especialmente em tempos de crise e é por isso que criamos soluções modernas de segurança em nossos produtos. Os usuários podem discar serviços de emergência e acessar as informações do cartão de identificação médica diretamente da tela de bloqueio e habilitamos notificações de emergência do governo, desde avisos meteorológicos até alertas AMBER. Os modelos do iPhone 7 e do iPhone 8 não possuem chips de rádio FM, nem possuem antenas projetadas para suportar sinais de FM, portanto, não é possível habilitar a recepção de FM nestes produtos “.

Ainda, a fabricante disse que também não é possível ativar o sinal de rádio FM em modelos mais antigos do iPhone, que possuem os chips capazes de sintonizar as estações. Para o NAB, “a Apple criou e ofereceu um maravilhoso aplicativo de FM no iPod Nano por muitos anos. Eles sabem como fazer o FM trabalhar e funcionar bem em seus dispositivos móveis. A Apple até escreveu seu próprio aplicativo Nano que permite ao usuário parar a rádio ao vivo e armazenar até 15 minutos de conteúdo”.

E a situação, por enquanto, segue nesse impasse. A Apple não parece estar disposta a devolver a rádio FM a seus aparelhos, forçando os usuários a acessarem as estações de rádio por meio do Apple Music, por exemplo. Ainda, o Apple Watch conta com um aplicativo nativo de rádio na versão 4.0 do watchOS e, com essa postura, a empresa de Tim Cook parece estar mais interessada em vender seu smartwatch do que facilitar o acesso à informação por parte da população afetada por desastres naturais.

Fonte: iPhoneHacks

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!

via Canaltech

Deixe uma resposta