Prefeitura de São Paulo terá app próprio de táxi

Ainda não existem aplicativos de táxi suficientes na capital paulista, então a Prefeitura de São Paulo decidiu criar mais um: o Táxi SP será lançado nos próximos 90 dias como o aplicativo oficial do município para solicitar corridas pelo celular.

O Táxi SP está sendo desenvolvido em conjunto com a Prefeitura do Rio de Janeiro, onde já existe um sistema operando em fase piloto desde junho de 2017, com 10 mil taxistas em processo de inscrição. A ideia é “atrair os usuários que passaram ao longo do ano a utilizar aplicativos de transporte de passageiros”, segundo a Prefeitura de São Paulo.

Ele funcionará de forma semelhante aos concorrentes, como 99, Easy, Cabify e Wappa, exigindo um cadastro prévio por parte dos taxistas, mostrando ao usuário uma estimativa do preço da corrida antes do início da viagem e permitindo pagamentos em dinheiro ou cartões de crédito e débito.

Marcelo Crivella, prefeito do Rio (à esquerda) e João Doria, prefeito de São Paulo

Os taxistas poderão “captar corridas a um custo inferior aos praticados por aplicativos no mercado” — normalmente, os aplicativos privados de táxi cobram uma comissão entre 15% e 20% do valor da corrida. Além disso, será possível ao motorista “escolher o percentual de desconto que deseja oferecer”, bem como utilizar o próprio aplicativo para reportar problemas na cidade, como buracos ou lixo na rua.

Por ser um aplicativo gerenciado pela Prodam e pela Secretaria Municipal de Transportes, o Táxi SP permitirá que a prefeitura obtenha a localização de todos os táxis cadastrados, tornando possível analisar a distribuição dos veículos e conhecer melhor o serviço na cidade.

Prefeitura de São Paulo terá app próprio de táxi

via Tecnoblog

Deixe uma resposta