Estes cartões de memória da SanDisk sobrevivem a temperaturas extremas

A SanDisk lançou novos cartões de memória que não impressionam pela capacidade de armazenamento ou desempenho, mas pelas temperaturas de operação: eles foram desenvolvidos para funcionar em ambientes de –40 ºC a 85 ºC por um longo período de tempo. Ou, em outras palavras, bem mais do que o seu corpo aguenta.

Os novos cartões serão vendidos nos formatos SD e microSD, fazendo parte das linhas com os sugestivos nomes Automotive, Industrial e Industrial XI. As velocidades chegam a 80 MB/s de leitura e 50 MB/s de gravação, e a durabilidade é estimada em até 192 TBW (terabytes gravados).

No formato SD, os cartões Automotive, Industrial e Industrial XI serão comercializados em capacidades de 8 a 64 GB, enquanto o microSD SanDisk Industrial pode chegar a 128 GB. Vale lembrar que o limite mínimo de temperatura da família Industrial mais básica é de –25 ºC, então eles podem funcionar normalmente no Polo Sul, mas talvez você tenha problemas na Antártica.

E, claro, há alguns recursos específicos para um público que utiliza cartões em ambientes críticos: o Health Status Monitor, que permite monitorar a capacidade e o desempenho; o Read Refresh, que atualiza os dados para garantir a integridade em situações nas quais as informações não foram acessadas por muito tempo; e o Power Protection, que previne perda de dados quando há perda de energia.

Eles serão lançados até o final do ano nos Estados Unidos. A SanDisk não revelou os preços; esses cartões normalmente são vendidos diretamente para fabricantes de veículos, drones e máquinas industriais.

Com informações: AnandTech.

Estes cartões de memória da SanDisk sobrevivem a temperaturas extremas

via Tecnoblog

Deixe uma resposta