Knightscope apresenta novos “guardas robóticos” nos EUA

Uma startup norte-americana chamada Knightscope apresentou hoje na Califórnia dois novos produtos para a sua linha de “guardas robóticos”. A marca é relativamente conhecida na sua terra-natal por conta de seu robô patrulheiro K5, usado para vigiar estacionamentos, shoppings e outros espaços públicos. Agora, a empresa apresentou o K1, um robô estacionário desenvolvido para escanear pertences metálicos em vestimentas e bolsas, e um buggy autônomo K7 feito para patrulhar campos de grama, pedras, terra e por aí vai.

O K7 foi um aparelho que recebeu bastante hype por conta da marca e tem uma série de câmeras e sensores que, além de possibilitar a movimentação automática do aparelho, também enviam dados e vídeo em tempo real para um guarda humano ficar de olho.

robos

Esse buggy tem um limite de velocidade de apenas 5 km/h, mas tecnicamente ele é capaz de andar muito mais rápido. A ideia é que esse aparelho possa substituir circuitos de TV fechados em grandes propriedades ou mesmo guardas humanos em algumas aplicações.

O K1, por sua vez, foi criado para substituir aqueles detectores de metal que complicam a vida das pessoas em aeroportos, bancos, hospitais e por aí vai. Posicionando alguns desses na entrada desses estabelecimentos, as autoridades poderiam se certificar de que nenhum visitante entre armado mesmo sem ter que parar essas pessoas para uma checagem demorada.

Fumaça saindo da águaKnightscope K5 caiu dentro de uma fonte na capital dos EUA

Contudo, o primeiro robô vigia da Knightscope, o K5, tem algumas histórias engraçadas para contar. Em alguns casos, esses aparelhos atropelaram crianças em shoppings e, em outros, foram parar onde não deviam, como dentro de uma fonte.

A fabricante não deu uma data concreta para quando começará a colocar esses novos robôs em operação, mas a popularidade deles está isolada por enquanto nos EUA. Portanto, é improvável que você veja algum desses equipamentos em shopping brasileiro nos próximos meses.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: