YouTube agora permite compartilhar tela do iPhone em transmissões ao vivo

O YouTube apresentou hoje (05) algumas novas funções para o seu recurso de transmissões ao vivo em todas as plataformas compatíveis. Contudo, a novidade mais interessante está disponível apenas para o YouTube do iOS. Em smartphones ou tablets da Apple, os usuários do serviço poderão compartilhar a tela de seus dispositivos diretamente na transmissão ao vivo e, caso queiram, usar a câmera frontal e microfone para comentar e mostrar suas reações enquanto interagem com a audiência.

De acordo com a publicação oficial do YouTube, qualquer app do iOS que for compatível com o ReplayKit da Apple poderá compartilhar a tela durante transmissões ao vivo. Isso incluir opções como Procreate, Asphalt 8 e Vainglory, entre outras.

Para todos

Mas o que deve realmente melhorar a experiência de transmissões ao vivo no YouTube é o novo modo de “latência ultrabaixa”, que vai diminuir a falta de sincronia de tempo entre a pessoa que está transmitindo alguma coisa ao vivo e a audiência. Atualmente, quando você assiste a algum vídeo ao vivo no YouTube, você não está vendo aquilo exatamente em tempo real, mas sim alguns bons segundos depois. Com a novidade inaugurada hoje, a diferença, segundo o serviço de streaming, será de “apenas alguns segundos”.

O YouTube espera que isso torne a interatividade do youtuber com seus fãs muito mais natural, evitando que a pessoa perda o contexto de alguma pergunta ou que tenha que ficar voltando a determinados tópicos por conta da latência ou lag.

Além disso, a seção de comentários ficou mais simples de organizar. Ao fazer uma transmissão no computador, o youtuber poderá segurar a tecla Alt para pausar o feed de comentários. Com mais um clique, ele ou ela poderá deletar comentários ou aprovar algum outro. Assim que o Alt é liberado, o feed começa a rodar novamente.

Será possível também permitir que o sistema do próprio YouTube marque comentários suspeitos como impróprios, os quais poderão ser liberados posteriormente pelo youtuber. Assim, mensagens inapropriadas não serão exibidas para toda a audiência. Há ainda algumas outras novidades menores nessa atualização, mas não há nenhum comentário sobre a possibilidade de o recurso de transmissão de tela do smartphone chegar ao Android.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: