Os melhores aplicativos para fazer anotações

Nem sempre o Bloco de Notas ou o Microsoft Word são adequados para fazer anotações constantemente. O que usar, então? Depende do que você precisa. Neste post, recomendamos os melhores aplicativos para tomar notas.

O melhor: Evernote

O Evernote é o que eu mais uso, e o aplicativo que considero o melhor para fazer anotações. Também um dos mais conhecidos, ele é característico pela separação entre cadernos, notas e tags, o que facilita a categorização do que você anota. Por isso, também, não recomendo muito o Word para notas (apesar de ele ser um ótimo editor de textos).

Os apps do Evernote são ótimos, têm sincronização bastante rápida e a usabilidade é boa: as opções de formatação, inclusive no celular, são bem apresentadas e não causam confusão. Também gosto de outros recursos, como o de gravar áudio, adicionar um esboço (fazer um desenho) e de digitalizar documentos, que elogiei bastante neste post.

Os anexos desses recursos, bem como outros arquivos anexados (um PDF, por exemplo) são armazenados na nuvem. Há um limite para o plano gratuito, de 60 MB por mês, mas já é o suficiente para mim.

O que há de ruim? Há algum tempo, o Evernote passou a limitar o acesso a dois dispositivos no plano básico. Se você tiver, por exemplo, dois computadores e um celular, vai precisar tirar um para acessar o app por completo, ou adquirir um plano pago. Por R$ 40 (Plus) ou R$ 80 (Premium) ao ano, eles adicionam recursos interessantes, como notas offline, busca e anotações em PDFs e histórico de anotações.

Disponível para Android, iOS, Windows, macOS e também na web.

Outros

OneNote

A alternativa ao Evernote da Microsoft também é muito boa. O aplicativo é excelente e bem intuitivo. Você pode organizar o conteúdo por blocos, seções (separadas por cores) e páginas, semelhante aos cadernos, notas e tags do Evernote.

No OneNote, porém, é mais simples escrever sobre um assunto dentro de uma seção (não é preciso criar uma tag, por exemplo). Ele também tem opções básicas de formatação, suporta lista de tarefas e gravações de áudio.

Nos meus testes, só achei o serviço um pouco lento na atualização e sincronização. Mas a boa notícia é que ele é totalmente grátis, sem limite por dispositivos e sem plano pago.

Disponível para Windows, macOS, iOS, Android e também na web.

Google Keep

Bem mais simples, o Google Keep não tem aplicativo para desktop, mas pode ser usado na web em keep.google.com. Ele suporta lista de tarefas, formatações básicas e dá para criar etiquetas para organizar as anotações.

Ele é integrado com o serviço de lembretes do Google, então você não precisa mudar de site se quiser adicionar alguma coisa. Na web, também dá para fazer ele “ler” o conteúdo de uma foto com a tecnologia OCR. Só, não muito mais do que isso.

Disponível para Android, iOS e também na web.

Notas, da Apple

A alternativa da Apple tem uma interface simples, mas não se engane: ele é bem completo. Nas últimas atualizações, a Apple deixou ele bem mais parecido com o Google Drive, então dá para editar as anotações em tempo real com os seus amigos (que também têm produtos da Apple).

Também dá para criar lista de tarefas, definir diferentes tamanhos de intertítulos e organizar as notas por pastas. Você consegue anexar fotos, vídeos, desenhos, mapas, sites, documentos e arquivos de áudio em todas as notas.

Não preciso nem falar que a sincronização entre os dispositivos da Apple é incrivelmente rápida, né?

E você, qual aplicativo usa para fazer anotações?

Os melhores aplicativos para fazer anotações

via Tecnoblog

Deixe uma resposta