Motorola patenteia tela de smartphone que se “conserta” com a ajuda do calor

A Motorola parece gostar da ideia de smartphones mais resistentes, lançando aparelhos específicos para suportar quedas. Agora, o The Verge descobriu a patente de uma tela que pode se curar sozinha com a ajuda do calor, escondendo os arranhões e deixando o celular com uma aparência de novo.

Funciona assim: em vez de vidro, o painel do smartphone seria coberto com um polímero que pode ser deformado e recuperado por meio de ciclagem térmica — ou seja, um risco ou mesmo uma rachadura poderiam ser reparados ao se alterar rapidamente a temperatura do componente.

No caso da patente da Motorola, que foi publicada no último dia 10 de agosto, o próprio smartphone seria capaz de gerar o calor para consertar o polímero da tela, mas o usuário poderia “esquentar” o aparelho manualmente esfregando o display na roupa, por exemplo.

Eu logo lembrei da linha G Flex, da LG, que tinha um revestimento que se curava automaticamente de pequenos arranhões; no entanto, o acabamento ficava na traseira. Não é perfeito (ainda era possível perceber as marcas se você olhasse bem de perto, e ele não se recuperava de cortes profundos), mas pode ser mais uma alternativa de mercado aos vidros resistentes, como o Gorilla Glass.

Sempre vale lembrar, claro, que uma patente registrada não significa necessariamente que a Motorola vai lançar um aparelho com essa tecnologia. Mas pode ser interessante. Não?

Motorola patenteia tela de smartphone que se “conserta” com a ajuda do calor

via Tecnoblog

Deixe uma resposta