Tectoy vai relançar o Pense Bem

Depois de relançar o Mega Drive, a Tectoy decidiu “ressuscitar” outro dispositivo que marcou a infância de muita gente: sucesso no final dos anos 1980 e início dos anos 1990, o Pense Bem vai voltar às prateleiras com o design original e os mesmos recursos.

Pense Bem

Embora não passe de um brinquedo eletrônico, o Pense Bem foi, para muita gente, o primeiro contato com algo que lembra um computador. Provavelmente, o dispositivo só não era mais interessante para as crianças da época do que os videogames.

A Tectoy afirma que o Pense Bem será relançado como forma de comemoração aos 30 anos de existência que a empresa completará em setembro. O Pense Bem é quase tão antigo quanto a própria Tectoy: o brinquedo foi lançado no Brasil em 1988.

O Pense Bem é a uma adaptação do Smart Start, da VTech

O Pense Bem é a uma adaptação do Smart Start, da VTech

O que o Pense Bem tinha de tão especial? O dispositivo vinha com um pequeno letreiro digital e um conjunto de 32 teclas. A diversão estava em brincar com os joguinhos existentes na memória, como o de tocar uma música apertando a sequência correta de botões ou o “siga o mestre”, que consistia em repetir a sequência de números mostrada na tela (a quantidade de números aumentava a cada rodada).

Mas os livros temáticos eram os mais divertidos, certamente. Houve dezenas deles, com assuntos como inglês, esportes, personagens da Disney, Senninha, Família Dinossauros, Sonic & Knuckles, entre vários outros. Cada livro vinha com um código que tinha que ser informado no Pense Bem. Depois, bastava responder às perguntas e fazer as tarefas do livro no dispositivo. O Pense Bem informava se você tinha acertado ou errado.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=kp0i9h42feE?rel=0]

De acordo com a Tectoy, o Pense Bem relançado virá com dez jogos na memória e um livro com 150 perguntas sobre vários assuntos — trata-se do livro 1 original, mas adaptado para o novo acordo ortográfico.

Não há previsão de lançamento de outros livros, infelizmente. Mas a companhia afirma que o novo Pense Bem será compatível com todos os livros lançados na época de auge.

Pense Bem

Vale a pena? Depende. O Pense Bem é indicado para crianças com idade a partir dos seis anos, mas, com a tecnologia que temos hoje, eu não sei se o dispositivo será realmente interessante para elas. Muito provavelmente, os principais compradores serão os nostálgicos de plantão.

Só que essa não é uma nostalgia necessariamente barata: o Pense Bem terá preço oficial de R$ 299. Durante a fase de pré-venda, será possível comprá-lo por R$ 269 no site da Tectoy, com mais 5% de desconto para quem optar por pagamento com boleto bancário.

O Pense Bem será produzido na fábrica da Tectoy em Manaus. As primeiras entregas estão previstas para setembro.

Tectoy vai relançar o Pense Bem

via Tecnoblog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *