Ladrões estão roubando Teslas na Holanda e as autoridades não sabem como

Roubo de carros é algo relativamente comum em qualquer parte do mundo e a prática criminosa é frequentemente relacionada ao mercado paralelo de peças. Isso, no entanto, não parece ser o caso dos carros da Tesla, que não são os mais baratos do mercado e, mesmo assim, 11 unidades do Model S foram roubadas na Holanda em uma questão de semanas – e as autoridades não conseguiram descobrir como isso aconteceu e nem tem certeza do motivo.

O que foi descoberto, no entanto, é que as ações estão sendo conduzidas por especialistas no assunto e com um alto conhecimento tecnológico. Uma vez roubados, os veículos são desmontados em questão de horas, o que é realmente assustador, dada a complexidade do carro.

A suspeita das autoridades é que os ladrões estão utilizando um dispositivo que consegue conectar ao carro e desbloqueia o veículo.

Uma das pessoas que tiveram seu veículo roubado afirmou que conseguiu filmar um dos criminosos circulando em torno do seu carro com um laptop antes de conseguir entrar e sair dirigindo com ele. O método, segundo o responsável por vendas e serviço da Tesla, Jon McNeill, é o mesmo que criminosos já usaram para roubar outros veículos.

O problema, no entanto, é que mesmo o sistema de GPS que é equipado nos veículos está sendo desativado e impede que o automóvel seja rastreado e recuperado antes de ser desmontado.

Ainda de acordo com o site NRC, a marca está considerando arrumar o problema com uma atualização de software que ainda está sendo desenvolvida.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: