Smart Audio Platform: Qualcomm quer mais speakers inteligentes na sua casa

Depois dos óculos de realidade virtual e das assistentes virtuais, a próxima grande onda da tecnologia que anda hipnotizando as fabricantes parece ser os speakers inteligentes. Amazon, Google, Apple e até Samsung entraram ou estão entrando de cabeça nesse setor, fazendo com que alguns consumidores comecem a pensar se a categoria já não está se tornando saturada. Bem, se depender da Qualcomm a resposta é negativa e a probabilidade é que vejamos mais dessas caixas de som cheias de personalidade no futuro.

Ok, mas o que exatamente a criadora dos chips Snapdragon tem a ver com essa história? Tudo! Isso porque a empresa quer pavimentar o caminho para que qualquer parceira desenvolva seus próprios assistentes domiciliares através de uma plataforma de referência para projetos desse tipo: a Smart Audio Platform. Assim, uma companhia interessada no tema poderia contar com um kit básico de sistema de áudio, processadores, falantes, tecnologia de captura de voz e muito mais – sem precisar torrar uma grana em pesquisa e desenvolvimento.

Os atuais destaques desse mercado: HomePod, Echo e Home

A iniciativa da Qualcomm deve facilitar muito o trabalho de qualquer marca pequena

Claro que companhias gigantes vão preferir criar soluções próprias e customizadas para seu ecossistema de produtos, mas a iniciativa da Qualcomm deve facilitar muito o trabalho de qualquer marca pequena que quiser testar as águas do segmento. O mais interessante, nesse caso, é que a solução da empresa já integra o know-how de hardware da casa – com chips dedicados de Bluetooth e WiFi, além de tecnologia de cancelamento de ruídos – com as assistentes de voz mais populares do mercado, como Alexa e Google Assistant.

Uma característica interessante do sistema é que ele dá suporte à tecnologia AllPlay, que lembra um dos recursos do Apple HomePod: torna possível unir múltiplas caixas de som do mesmo tipo em uma só conexão e faz com que todas trabalhem em conjunto, como uma única peça. Não se sabe se isso será efetivamente utilizado pelas parceiras ou pelos consumidores, mas é uma opção interessante para o setor. A expectativa é que os primeiros gadgets baseados na Smart Audio Platform cheguem até o final deste ano.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: