Cadillac dá o primeiro passo em direção a integração com smart cities

A Cadillac está dando seu primeiro passo em direção a integração de seus veículos com as cidades inteligentes: depois de contar com funções de conectividade que permitem a comunicação entre os veículos da marca, o chamado V2V (Vehicle-to-Vehicle), a montadora norte-americana agora quer incorporar o V2I (Vehicle-to-Infastructure) também.

Essa função permite que o veículo possa se comunicar com diversos elementos das cidades. O primeiro deles a ser incorporado pela Cadillac, como uma forma de teste em seu sedã de luxo CTS, serão os semáforos da cidade de Michigan. O trabalho está sendo conduzido em parceria com o departamento de transportes da cidade.

A ideia, muito similar ao que já vem sendo testado pela Audi também nos Estados Unidos, é que os condutores possam acompanhar o tempo de abertura e fechamento dos semáforos, mas, no caso da Cadillac, com um extra: ele vai dizer se, baseado na velocidade do veículo, o motorista vai pegar o sinal vermelho ou não.

Apesar de parecer algo pequeno e descartável, a funcionalidade é um passo importante para entender melhor como fazer com que veículos consigam se comunicar com estruturas que fazem parte das cidades – não apenas para receber informações, mas também para transmitir e possibilitar que, por exemplo, um sistema consiga fazer uma gestão mais eficiente da temporização dos semáforos para garantir um fluxo melhor do tráfego.

Uma das preocupações é que a transferência de dados, que pode ser um problema em relação a privacidade, mas as montadoras vêm trabalhando extensivamente nesse aspecto para garantir que tudo corra sem problemas, já que nenhum carro será identificado através das informações trocadas entre o veículo e os servidores. A conexão utilizada também é encriptada, eliminando o risco de interferências.

O CTS já conta com uma função que permite receber e enviar informações para outros carros do mesmo modelo, em um raio de aproximadamente 300 metros, para alertá-los sobre as condições do trânsito ou possíveis acidentes.

A Cadillac está testando a função, mas ainda não deu uma data precisa de quando a funcionalidade estará presente no veículo e disponível para o público.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: