Amazon deve ser a primeira empresa de US$ 1 trilhão, aposta especialista

Apple e Google são duas das empresas mais valiosas do mundo e é natural imaginar que uma delas será a primeira a ultrapassar o valor de US$ 1 trilhão — há ainda quem aposte que a Maçã realize tal feito ainda em 2017. Contudo, no que depender das projeções de um professor da Universidade de Nova York, a primeira companhia a valer US$ 1 trilhão deve ser a Amazon.

Scott Galloway, o autor da previsão, utiliza tendências de mercado e cita a fase transitória dos hábitos de consumo do público nos Estados Unidos para basear a sua opinião. Em suma, o fato de as pessoas estarem mais aptas às compras online podem resultar em um crescimento sólido da Amazon rumo ao US$ 1 trilhão.

“A maioria dos varejistas vão se ver diante da ameaça tripla composta por salários estagnados na classe média, transição de gastos com bens para mais [gastos com] experiências e a [opção pela] Amazon”, aponta o especialista.

Fabricante do Kindle, a Amazon deve alcançar o valor de US$ 1 trilhão em breve, aponta especialista

Para Galloway, a Amazon deve concentrar em torno de si uma quantidade maior de gastos por família, com este valor subindo de US$ 1,3 mil para US$ 7 mil graças especialmente a itens mais básicos. Com isso, a varejista online abocanharia fatias de mercado que agora pertencem a outras companhias menores fora da internet, deixando intactas apenas lojas próprias de marcas de luxo.

Se as previsões do professor da Universidade da Nova York estiverem corretas, a Amazon deve fazer muito dinheiro em relativamente pouco tempo para superar a Apple e ser a primeira companhia a valer US$ 1 trilhão. Isso porque, atualmente, enquanto a companhia de Jeff Bezos vale US$ 400 bilhões, a Maçã já tem valor estimado duas vezes maior: US$ 800 bilhões.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: