Core X: nova família de processadores da Intel é sonho para overclockers

Rumores indicavam já há algum tempo que a Intel tinha uma carta na manga para lidar com os avanços da AMD e de seus processadores Ryzen. Ao que parece, os boatos estavam mais do que certos, já que na última segunda-feira (29) vazaram informações sobre os novos CPUs da linha Core i9 – voltados para os consumidores mais hardcore do setor. O anúncio oficial da empresa, no entanto, feito na Computex, mostram que as novidades de hardware vão muito além disso.

Batizada de família Core X, a nova linha de processadores não se limita ao novo Core i9 e acaba renovando até os antigos i5 e i7, trazendo mais poder de fogo para esses modelos mais “humildes”. A linha é totalmente baseada tanto nas arquiteturas Kaby Lake X e Skylake X e oferecem opções de desempenho e preço para todos os gostos e bolsos. O caçula da vez é o Core i5-7640X, que apresenta “apenas” 4 núcleos e 4 threads e pode ser adquirido lá fora por cerca de US$ 242 (R$ 790).

Nova família da Intel

A partir daí, os números crescem de forma exponencial. Os modelos Core i7 X-Series, por exemplo, podem custar de US$ 339 (R$ 1,1 mil) a US$ 599 (R$ 1.950), indo desde itens com 4 núcleos e 8 threads até opções com nada menos que 10 núcleos e 20 threads. Todas essas especificações, porém, podem ser consideradas “de entrada” quando comparadas às apresentadas pelos processadores mais poderosos da série Core X – que devem se aproveitar ainda mais da tecnologia Turbo Boost Max 3.0 e do chipset X299.

Um monstro chamado Core i9

Os CPUs Core i9 levam tudo a um novo patamar

Apesar de seus irmãos também se beneficiarem de um maior desempenho em aplicações single e multi-thread, os CPUs Core i9 levam tudo a um novo patamar. Afinal, estamos falando de uma linha no qual o modelo de entrada, o Core i9-7900X – com 12 núcleos e 24 threads –, tem frequência base de 3,3 GHz e pode chegar a até 4,5 GHz sem muito esforço. O preço do sucesso? Cerca de US$ 1 mil – pouco menos de R$ 3,3 mil em conversão direta.

Outros integrantes do selo incluem itens como i9-7920X (12 núcleos e 24 threads), i9-7940X (14 núcleos e 28 threads), i9-7960X (16 núcleos e 32 threads) e i9-7980XE (18 núcleos e 36 threads). Embora não se saiba ainda muito sobre eles, é certo que o brinquedinho mais caro e com maior poder de fogo não vai custar menos que US$ 2 mil no mercado internacional – algo como R$ 6,5 mil ou o preço de um notebook com ótimas configurações.

Quem aí vai guardar uma graninha para o Core i9?

Ainda não se sabe exatamente quando todos esses produtos estarão disponíveis, mas é quase certo que não deve demorar para que eles estejam disponíveis nas lojas de todo o mundo. Enquanto os Core X devem servir para saciar a sede dos aficionados por overclock ao refinar a microarquitetura atual da Intel, a série Coffee Lake deve trazer 30% de performance extra ao substituir os Kaby Lakes tradicionais. E aí, qual será a sua escolha para um futuro upgrade?

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: