Anonymous divulga emails da JBS envolvidos em escândalo do governo

A Anonymous enviou provas de acesso aos emails da JBS hoje (29) para o TecMundo. No total, por meio da célula AnonOpsBr, foram 280 contas de email invadidas. Anteriormente, a Anonymous já havia invadido o banco de dados da Friboi, uma empresa da JBS, que é uma das maiores indústrias de alimentos do mundo e está envolvida nos recentes escândalos do governo brasileiro.

De acordo com a legião hacker, “as pessoas relacionadas tem merda no email. É apenas um aviso para a JBS de que sabemos o que é essa merda e logo vamos divulgar. Enviamos parte de uma das senhas de um diretor [da JBS] e, no total, tivemos acesso a 280 contas”.

Segundo a Anonymous, são pessoas que receberam ordens para deletar e sumir com arquivos

Na prova, podemos ler a seguinte mensagem: “Nós não esquecemos de vocês, sua corja de ladrões filhos da p*ta. Estamos com seus e-mails e vamos divulgar todos os acessos para a comunidade. Não vamos sossegar. Vocês podem pegar um, dois, três, quatro de nós, mas nunca conseguirão deter a todos”.

A Anonymous, dos 280 emails obtidos, divulgou ao TecMundo apenas 11 contas de “pessoas relacionadas” ao escândalo da JSB. Sobre um motivo específico de nos enviar as 11 contas — sendo que uma, como prova, teve uma senha parcial também divulgada —, a legião hacker comentou que “são pessoas que receberam ordens para deletar e sumir com arquivos” e “essa semana vamos divulgar as mensagens, vai ser divertido ver a corja correr”.

Prova do ataque

O manifesto foi postado em um Ghostbin

Friboi invadida e Michel

No sábado retrasado (20), a Anonymous invadiu o banco de dados da Friboi. De acordo com um manifesto enviado ao TecMundo, o grupo hacker está com diversas senhas de acesso, além de ter implantado usuários no banco de dados e estar monitorando a navegação local.

As operações da Anonymous estão focadas no presidente Michel Temer e os recentes escândalos do governo

Na íntegra, a célula comentou o seguinte: “Estamos com suas senhas e acessos monitorados… Não se preocupem porque mudamos algumas etiquetas na sua área de produção e criamos alguns usuários dentro dos seus 9785”, escreveu a Anonymous. Na íntegra: “Aos trabalhadores dessas empresas, saibam que o problema não é com vocês, e sim com essa corja de ladrões, corruptos e filhos da p*** que estão acabando com o nosso povo e nosso país”.

Além disso, a Anonymous também deixou claro que ter como foco operações contra o presidente Michel Temer. Na segunda-feira passada (22), a legião hacker juntou dados públicos e expôs dados sensíveis de Temer, familiares e outros ministros do governo brasileiro. Ainda, o site pessoal de Temer já foi derrubado duas vezes pela Anonymous ao longo da última semana.

Para saber mais notícias sobre ataques hacker, acompanhe a nossa página dedicada ao assunto.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: