Tudo o que você precisa saber para começar a semana

ransonware

Chegamos à última semana de maio, aquela reta final curtinha que parece que não vai nos entregar muita coisa, mas já começa com algumas novidades bem interessantes. Enquanto você estava no futebol com os amigos no sábado ou no almoço de família no domingo, o mundo continuava a girar e as novidades do mundo da tecnologia não pararam de aparecer. Exemplo disso é que a exposição ao WannaCry trouxe à tona o submundo dos ransonware e uma pesquisa revelou que essa ameaça não é algo tão incomum como muita gente imaginava. Na verdade, em 2016, o número de ataques desse tipo cresceu 752% em relação ao ano anterior. Os números são da TrendMicro, que estima que pragas como Locky e Goldeneye conseguiram extorquir cerca de US$ 1 bilhão de suas vítimas. E boa parte desses ataques vêm da Rússia, onde o ransonware se desenvolveu de maneira quase que cultural ao longo da última década.

Deixando essas tretas de lado, uma notícia curiosa que surgiu durante o último fim de semana foi o anúncio de que o AlphaGo decidiu se aposentar do cenário competitivo após ter alcançado o topo. Depois de ter derrotado o campeão mundial de Go — considerado um dos jogos mais difíceis do mundo —, a inteligência artificial desenvolvida por uma das empresas da Google vai pendurar as chuteiras e se dedicar a uma causa mais nobre. De acordo com seus criadores, o foco agora é criar algoritmos que ajudem cientistas a encontrar a cura para doenças, criar novos modos de reduzir o consumo de energia, além de desenvolver novos tipos de materiais. Além disso, a equipe por trás do AlphaGo anunciou que pretende escrever um artigo sobre os avanços na inteligência artificial com base em sua disputa contra o jogador de Go número 1, o chinês Ke Jie.

Mais 2 milhões de Switch vão chegar às lojas neste ano

Já no mundo dos videogames, a Nintendo está sorrindo de orelha e orelha. Após o fracasso do Wii U, o seu novo console segue vendendo muito bem, obrigado. A procura pelo Switch é tão grande que a companhia pretende aumentar a sua produção em 2 milhões de unidades para este ano fiscal, que termina em março de 2018. Dessa forma, a Big N projeta a produção de nada menos do que 18 milhões de unidades no período — um número mais do que considerável para um sistema que ainda não tem muitos jogos. A razão para esse aumento nas projeções é óbvia e vai de encontro à alta demanda, além de um movimento estratégico da empresa de evitar que os consumidores encontrem as prateleiras vazias durante as vendas de Natal — o que geraria uma reação negativa por parte do consumidor. Assim, a Nintendo já está se preparando para abraçar esse público, ainda mais com Super Mario Odyssey chegando ao sistema em novembro.

Por fim, palavras duras e chocantes vindas de alguém mais do que conhecedor do mundo da tecnologia. De acordo com Steve Wozniak, um dos fundadores da Apple, a próxima revolução da tecnologia não virá das mãos da Maçã, mas sim da Tesla. Segundo ele, o grande segredo da empresa de Elon Musk é que seu criador desenvolve seus produtos para si e não pensando em agradar ao mercado e que, quando você faz algo que você quer muito e tem controle sobre isso, é assim que as inovações aparecem. Para Wozniak, as empresas que mudam o mundo são aquelas feitas por gente jovem e que não foram estragadas pelos grandes negócios.

Via: The Register, Engadget, Ubergizmo, Phone Arena

via Canaltech

Teste de câmera: XZ Premium, S8+, HTC U11, G6, Pixel e iPhone 7 Plus

Confira neste artigo nosso teste cego de câmeras e escolha o melhor XZ Premium, S8+, HTC U11, G6, Pixel e iPhone 7 Plus.

(Isto é apenas um teaser – clique aqui para ver o post completo)

via Notícias do Android + Análises de Apps – AndroidPIT

Como é a experiência de trocar o Mac pelo PC – Parte 4

Depois de pensar direitinho em qual o melhor modelo de notebook para suprir suas necessidades e considerar as mudanças de softwares que você precisará fazer ao trocar um Mac por um PC ou notebook com Windows, chegou a hora de falar sobre como é sincronizar seu iPhone e iPad com o novo computador.             

Não, não será preciso abandonar seu smartphone ou tablet da Maçã e escolher opções com Android ou Windows 10 Mobile para conseguir manter tudo em ordem. A não ser, claro, que você queira.

(Leia também: como é a experiência de trocar o Mac pelo PC partes 1, 2 e 3)

O iTunes é seu amigo

A versão para Windows do iTunes permite sincronizar um iPhone ou iPad da mesma forma que acontece com o Mac. É possível acessar qualquer conteúdo ali armazenado mesmo usando um notebook com o sistema operacional da Microsoft, então os backups de seu dispositivo móvel seguem garantidos.

Usando o iPad como um segundo monitor

Existe um app chamado Duet Display, que custa US$ 15, que é capaz de transformar seu iPad em um segundo monitor para seu computador com Windows 10. Basta comprar e baixar o aplicativo pela iTunes App Store no dispositivo móvel, e simultaneamente instalar o software do serviço em seu PC. E é só isso mesmo. Com tudo instalado e configurado, voilá: o tablet da Maçã, quando conectado ao computador por meio do cabo USB, oferecerá uma performance de vídeo a 60 quadros por segundo.

Os aplicativos nativos da Microsoft funcionam no iOS

Praticamente qualquer aplicativo nativo da Microsoft, utilizado no Windows, tem uma versão compatível para o iOS. É o caso do Office, que engloba o Word, Excel, PowerPoint e Outlook – e esses apps podem ser baixados gratuitamente na loja de aplicativos da Maçã. Contudo, a opção gratuita serve apenas para abrir e editar documentos já existentes, sendo necessário assinar o Office 365 para criar novos projetos.

Além disso, o OneDrive também pode ser sincronizado sem grandes problemas entre o seu novo notebook com Windows e o antigo dispositivo móvel da Apple. Outro app da Microsoft que pode ser usado no iOS é o OneNote, que também tem download gratuito. 

E você? Conseguiu trocar um Macbook ou iMac por um PC ou notebook com Windows sem enlouquecer com tantas mudanças? Conte-nos como foi a sua experiência no campo dos comentários!

via Novidades do TecMundo

Como é a experiência de trocar o Mac pelo PC – Parte 3

A terceira parte deste especial que fala sobre como é a experiência de trocar um Mac por um PC ou notebook com Windows vai falar sobre os desafios com relação aos softwares. Isso porque muitos programas essenciais para o dia a dia são diferentes em ambos os sistemas, e há aqueles que não têm versões tanto para Mac quanto para Windows, sendo necessário escolher um substituto.

(Se perdeu, leia também as partes 1 e 2).

 Não se pode ter tudo

A boa notícia é que o Windows oferece alternativas para a maioria dos softwares nativos da Apple. Por outro lado, não se pode esperar contar com exatamente os mesmos recursos e ferramentas dessas opções. Por exemplo, o Messages e o FaceTime são exclusivos entre dispositivos Apple, bem como o AirDrop (muito útil para compartilhar arquivos rapidamente, sem fios).

Como mensageiro, talvez a saída seja utilizar o Skype, que funciona em qualquer plataforma fixa e móvel. Já para armazenar arquivos em nuvem e poder baixá-los quando e onde desejar, o Dropbox é uma boa opção.

 Mas o iCloud continua funcionando

 Se você tem um montão de arquivos armazenados em seu iCloud, fique tranquilo: o serviço também funciona no Windows. Basta fazer o download do iCloud para Windows e administrar seus backups normalmente.

Outras opções de serviços de armazenamento em nuvem são o Microsoft OneDrive, que oferece 5GB gratuitos e cobra apenas dois dólares por mês para expandir esse espaço para 50GB; e o já mencionado Dropbox, que funciona em qualquer sistema operacional oferecendo 2GB gratuitos e cobrando 10 dólares mensais para que esse espaço seja aumentado para 2TB.

 Clientes de e-mail

No Mac, o cliente de e-mail padrão é o Mail, que pode também ser usado no Windows (mas com funcionalidades limitadas). Já o Microsoft Outlook, que faz parte do pacote Office, oferece uma imensidão de ferramentas e também pode ser acessado em um Mac por meio do Office for Mac.

Já quem não quiser gastar nenhum dinheiro para administrar seus e-mails, pode escolher o Mailbird, que pode ser controlado pelo teclado, mouse e pelo toque na tela.

 Calendários

O aplicativo de Calendário do Windows 10 é compatível com o iCloud – ou seja, todos os seus compromissos previamente agendados em seu Mac poderão ser transportados para o novo notebook.

Notas

Quem está acostumado a fazer anotações no Notes do Mac precisará se adaptar a outras opções, como o bom e velho Bloco de Notas. Mas quem quiser um software mais completo, pode contar com o Microsoft OneNote, que funciona em harmonia com versões para Mac, Android e iOS. Ou seja, é possível sincronizar uma mesma conta em diversos dispositivos, podendo salvar notas independentemente de qual aparelho estiver em uso.

Softwares de produtividade

No Mac, a melhor opção para editar arquivos de texto é o Pages, enquanto o Sheets é o mais adequado para trabalhar com planilhas. Já no Windows, é indiscutível que a melhor saída é contar com o Microsoft Office, que oferece os velhos conhecidos Word e Excel. Há quem utilize o Office no Mac, mas sua versão para Windows é muito mais completa.

Já quem não deseja investir dinheiro com esses softwares, pode escolher uma alternativa gratuita, como o LibreOffice, por exemplo. Ou, ainda, optar por trabalhar online contando com as vantagens do Google Drive, que permite criar, salvar, editar e baixar aquivos de texto, planilhas e slides 

Na quarta e última parte deste especial, falaremos sobre as dores de cabeça que usuários de iPhone e iPad acabam tendo quando decidem trocar seu Macbook por um notebook com Windows. Mas nem tudo está perdido: a boa notícia é que é possível sincronizar os dispositivos sem precisar trocar, também, de celular.

via Novidades do TecMundo

Gostou do áudio recebido no WhatsApp? Salve-o para ouvir quando quiser!

Os áudios do WhatsApp chegaram com força total e já provaram que vieram para ficar. Devido à praticidade, eles são muito usados no dia-a-dia. Além disso, permitem que a mensagem seja enviada com maior clareza, já que você sabe exatamente o tom que a pessoa utilizou quando proferiu as palavras. A popularidade dos arquivos cresceu e, com ela, o número de mídias no celular, ocupando cada vez mais espaço de armazenamento e se perdendo no emaranhado de conversas constantes no aplicativo.

Se você achou um áudio incrível devido ao humor, valor sentimental ou qualquer outro motivo e não quer perdê-lo entre tantas mensagens ou na limpeza de mídias, é possível salvá-lo em outros locais. Você pode armazenar áudios enviados para você ou por você, ou outros arquivos de mídia como vídeos, documentos e fotos.

Segue o passo-a-passo para que você nunca mais perca as mensagens especiais no Android ou iOS:

No Android:

1. Localize o áudio que deseja salvar. Mantenha o dedo pressionado sobre ele até que as possíveis ações apareçam na barra verde superior.

2. Selecione a opção de compartilhamento de mídias, representada pelo símbolo indicado na imagem abaixo.

3. Escolha como quer salvar ou enviar o áudio desejado. Os contatos mais comuns do WhatsApp e do Facebook Messenger aparecem na parte superior da tela, enquanto outras formas de envio são mostradas na parte inferior do visor.

No iOS 

1. Assim como no Android, é necessário encontrar o áudio escolhido e mantê-lo pressionado até que as opções surjam na tela.

 

2. A barra preta com as opções “ Responder”, “Encaminhar” e “Apagar” aparecerá acima do áudio. Selecione “Encaminhar”

3. Escolha a maneira que seu arquivo será armazenado. As principais formas de salvar o áudio aparecerão direto no app, mas é possível clicar na opção “Mais” representada pelos três pontos e selecionar outras maneiras de salvar ou enviar seus arquivos.

Encaminhar o arquivo para você mesmo por e-mail pode ser uma forma interessante de backup. Usar plataformas na nuvem, como Google Drive e iCloud Drive, também é uma opção segura de mantê-los salvos. Outras formas de mídia, como fotos, também podem ser salvas e enviadas dessa maneira.

Gostou do nosso tutorial? Conte pra nós nos comentários!

via Novidades do TecMundo

A ciência comprova: pais realmente dão mais atenção às filhas

Não é só modo de dizer: as filhas são mesmo as princesinhas de seus papais. Por meio de uma pesquisa publicada no periódico Behavioural Science, pesquisadores dos EUA confirmaram que pais de meninas tendem a ser mais atenciosos com suas crias em comparação a pais de filhos homens. E a explicação está na forma como eles interagem com os pequenos: ter uma postura mais emocional ou mais competitiva depende do gênero da criança.

Isso foi comprovado em um experimento realizado com 52 pais – de 30 meninas e 22 meninos com até 2 anos. Eles tinham idade entre 21 e 55 anos e eram todos moradores de Atlanta. Os pesquisadores monitoraram sua rotina por 48 horas (um domingo e uma segunda-feira). Durante esse tempo, os adultos carregaram junto do corpo um gravador eletrônico, para registrar em áudio as interações com suas crianças.

Para evitar que os voluntários atuassem, protagonizando momentos dignos do prêmio de “pai do ano”, os gravadores foram programados para funcionar apenas em alguns períodos do dia. Os aparelhos ligavam sozinhos a cada nove minutos, e passavam 50 segundos captando o som ambiente.

Enquanto para os garotos o tempo junto dos pais era preenchido por lutas de mentira e corridas de cavalinho, as meninas mantinham um tipo de relação diferente. Em geral, elas eram ouvidas com atenção por um tempo até 60% maior, e seus pais também cantavam para elas por cinco minutos a mais.

Veja também

Com as meninas, as conversas eram também mais profundas. Notou-se uma maior abertura dos pais para falar sobre emoções, incluindo tristeza. Isso explica a maior incidência de palavras como “chorar”, “lágrimas” e “sozinha”, o que pode estar relacionado à criação de empatia, segundo os cientistas.

Da mesma forma, referências a aparência também foram ouvidas com mais frequência – como “barriga”, “bochecha”, “rosto”, “gordura” e “pés”. Coincidência ou não, são palavras que podem moldar a forma como elas enxergarão a si próprias quando tiverem idade para isso – levando em consideração que meninas costumam ter mais problemas em relação a seu corpo e auto-estima.

Em compensação, pais de meninos preferiam incentivar sua veia competitiva. Nas suas interações, apareceram mais vezes palavras como “vitória”, “orgulho” ou “melhor”. “O fato é que os pais parecem se atentar menos às necessidades emocionais dos garotos – apesar de suas claras boas intenções, é importante reconhecer”, aponta Jennifer Mascaro, uma das autoras do estudo, em entrevista ao The Guardian.

Tudo isso parece ter ligação à forma como as meninas e meninos são criados. Desde ganhar carrinhos de presente até serem matriculados em aulas de balé, tudo na formação das crianças acaba interferindo na pessoa que os pais irão formar. Apesar de muitas vezes não intencionais, esses estereótipos tratamento desempenham papel significativo na forma como as crianças se relacionam com os pais ou encaram seus problemas, por exemplo.

No fim das contas, a mensagem que fica é: vale a pena deixar um pouco de lado as brincadeiras mais convencionais para trocar uma ideia olho no olho com seu bebê.  Afinal, desenvolvimento emocional serve para todo mundo, não é mesmo?

via Superinteressante

Personalização: como utilizar temas ‘secretos’ do Windows 10 em seu PC

Você é daqueles usuários que adoram personalizar o computador para que tudo fique com a sua cara? Então a atualização Creators Update vai te agradar. Ela possui diversas novidades: luz noturna para prejudicar menos os olhos, adição de modo de jogo, atualizações no navegador Edge e, por fim, a utilização de diversos temas que estão disponíveis na Windows Store – mas que não são tão fáceis de achar.

Uma vantagem de utilizar os temas disponibilizados pela Microsoft é que não há riscos de vírus e outros conteúdos que possam prejudicar o computador – o que é extremamente tranquilizador, já que é comum que softwares de personalização sejam uma porta de entrada para malwares de diversos tipos.

Temas personalizados do Windows 10

Os novos temas trazem mudanças completas para o seu computador: possuem alterações no papel de parede, na cor da barra de ferramentas, nos sons do sistema e até mesmo no cursor do mouse. Os novos temas contêm imagens de paisagens, fotografias de cidades, ilustrações, fotos de animais selvagens e domésticos, imagens da natureza e muito mais. Ao abrir algum deles, a Windows Store sugere outros parecidos para o usuário, de modo que sempre haverá variedade de opções para escolher.

Veja como encontrar e escolher os temas:

  1. Acesse o aplicativo de Configurações do Windows 10.
  2. Clique em “Personalização”.
  3. Depois, vá em “Temas”.
  4. Na parte inferior da janela, procure “Aplicar tema” e, em seguida, clique em “Obter mais temas na loja”.
  5. Uma nova janela abrirá, com a seção de temas “escondidos”. Agora, é só procurar e baixar aquele que mais te interessar. Ele será veiculado à sua conta, mas ainda não será aplicado.
  6. Após selecionar o tema, volte em Configurações > Personalização > Temas, e selecione o que você baixou.
  7. Clique em “Usar tema personalizado”. Pronto!
  8. Se você quiser voltar para o anterior porque enjoou ou sentiu falta do tradicional, é só refazer o processo e retornar ao tema padrão do Windows.

via Novidades do TecMundo

Mãe de CEO do Uber morre em acidente nos EUA

Parece que as nuvens negras estão mesmo pairando sobre a Uber. Ao mesmo tempo em que enfrenta perda de executivos, processos contra seu modelo de negócios e escândalos envolvendo declarações indevidas por parte de seus dirigentes, Travis Kalanick encara, agora, a perda de sua mãe em um acidente de barco nos EUA. Na última sexta-feira (26), Bonnie Kalanick e seu marido, Donald, bateram a embarcação em que estavam contra uma pedra no lago Pine Flat, no condado de Fresno, Califórnia. Bonnie, 71, morreu e Donald, 78, encontra-se em estado crítico.

Em um comunicado, a Uber chamou o incidente de “tragédia indescritível” e confirmou que o pai de Travis continua em estado grave. “Nossos pensamentos e orações estão com Travis e sua família nesse período difícil”. Um email enviado aos funcionários também confirma que o estado de saúde de Donald inspira cuidados.

As autoridades de Fresno afirmaram, também em um comunicado, que as investigações relacionadas ao acidente estão em andamento e que uma autópsia está programada para hoje (28).

A proximidade de Kalanick com seus pais era notória. Há algumas semanas, ele fez um post no Facebook comemorando o Dia das Mães. “Eu amo minha mãe, seu amor infinito e seu grande coração cada dia mais”.

via Novidades do TecMundo

Samsung se prepara para apresentar a primeira tela OLED esticável

A Samsung deve apresentar nos próximos dias uma tela esticável, que permitirá novas inversões no ramo da Internet das Coisas.

(Isto é apenas um teaser – clique aqui para ver o post completo)

via Notícias do Android + Análises de Apps – AndroidPIT

Esqueceu algo no Uber? Veja como recuperar

Esquecer ou perder um objeto dentro do carro não é algo difícil de acontecer, inclusive parece ser mais frequente do que imaginamos. Essa situação chata pode ocorrer quando estamos distraídos, confortáveis, ou até mesmo cansados. Mas o fato se torna um problema quando acontece em táxis ou ou aplicativos de caronas, como o Uber.

Quando acontece em um táxi, a situação fica um pouco mais complicada, pois em muitos casos a forma de trabalho ainda é tradicional, sem a ajuda de um aplicativo. Mas falando do Uber, o problema é muito fácil de resolver. Saiba como:

1 – Para começar, deixe o aplicativo de lado e acesse o site www.uber.com. Agora, clique em entrar no canto superior direito para fazer o seu login;

2 – Em seguida, o site vai mostrar as opções de login para usuários e motoristas. Escolha “Entrar como usuário”;

 

3 – Agora, o site vai dar duas opções de login: por número de telefone ou email, ou ainda pedindo acesso pela sua conta do Facebook;

4 – Ao entrar na sua conta, uma lista será exibida com todo o seu histórico de viagens. São listadas as datas, nome dos motoristas, valor, cidade e formas de pagamento. No canto esquerdo, um menu parecido com o do aplicativo para smartphone mostra a opção “Perdeu algum objeto?”. Clique nele ou acesse uber.com/lost

5 – Nesta etapa, o site do Uber exibe a informação sobre como vai funcionar o procedimento de contato com o motorista para comunicar a perda. Clique em “Entre em sua conta para obter ajuda”;

6 – O próximo passo do procedimento é selecionar a corrida na qual o seu objeto foi perdido. Assim como foi mostrado acima, esta nova lista exibe a data, valor da corrida e o modelo do carro;

7 – Depois de selecionar a corrida em que o incidente aconteceu, o site vai mostrar um campo para digitar o seu número de telefone. Com isso, o Uber vai fazer uma ligação para o seu telefone e para o motorista ao mesmo tempo, criando uma conexão entre ambos para que o problema seja conversado. Caso não haja resposta, você pode deixar uma mensagem de voz e aguardar o retorno em até 24 horas;

8 – Caso o problema não seja resolvido da forma acima, você ainda pode escolher outra opção. Acesse este link para comunicar o Uber diretamente sobre o objeto perdido. O campo exibido pede uma breve descrição do item e todos os detalhes de como tudo aconteceu.

Para que o problema seja resolvido de maneira efetiva, o Uber deve ser comunicado o quanto antes. Procure não deixar de citar nenhum detalhe do objeto, de como aconteceu a perda, o local de partida e chegada de viagem, entre outros dados que podem ser acessados no próprio site da companhia ou aplicativo.

via Novidades do TecMundo