Arquivo da tag: smartphone

Quantum apresenta o smartphone intermediário YOUE por R$ 799

A fabricante nacional Quantum apresentou um novo aparelho de sua família de smartphones. Trata-se do YOUE, que tem especificações técnicas intermediárias e busca um mercado de consumidores que nãoq querem gastar muito dinheiro com um celular.

O YOUE tem um design com acabamento de metal escovado e acabamento com cortes de diamante para maior qualidade. Ele já é lançado com uma película para o display e uma capa transparente (Crystal Case) para aumentar a proteção do produto. As duas câmeras trazem Flash LED e o modelo traz Rádio FM

Um celular em vários ângulos

A família YOU da Quantum já tem o modelo tradicional e também a versão L.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 7.0 (Nougat)
  • Tela: 5” com resolução HD
  • Processador: MediaTek MT6737 quad-core de 1,25 GHz
  • RAM: 3 GB
  • Armazenamento interno: 32 GB (suporta cartão microSD de até 32 GB)
  • Câmeras: 13 MP (traseira) e 8MP (frontal)
  • Bateria: 2.600 mAh
  • Conectividade: Micro USB (2.0), Bluetooth 4.0 LE, WiFi 802.11 b/g/n, GPS, A-GPS
  • Dimensões: 145,4 x 73,1 x 9,1mm
  • Peso: 179g

O smartphone estará disponível nas cores cinza ou rosa por R$ 799. A venda vai acontercer na loja online da marca, mas ainda não estava liberada até a publicação desta matéria.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Sobre a aprovação do Librem 5, o Smartphone da Purism

Há algumas semanas eu havia publicado aqui no blog sobre a campanha da Purism para lançar um Smartphone que usasse software livre como sistema operacional e tivesse uma real preocupação com a…

Visite o site para ver o restando do artigo…

via Diolinux – Open Source, Ubuntu, Android e tecnologia

Atualizar o Android em um smartphone demora mais do que parece

Esse artigo é para você que quer saber como um smartphone é atualizado, o porquê da demora, e como um aparelho leva tanto tempo para receber uma nova versão do Android.

(Isto é apenas um teaser – clique aqui para ver o post completo)

via Notícias do Android + Análises de Apps – AndroidPIT

Huawei vende smartphone que nem água e deixa Apple para trás

A Huawei vende acertando na produção de seus smartphones, que recebem notas cada vez mais altas e um apreço público cada vez maior. Isso se reflete nas vendas: a companhia já entregou mais de 100 milhões de unidades nos três primeiros trimestres de 2017, um aumento de 19% para 2016, ano que a Huawei vendeu 140 milhões de aparelhos.

Com esse desempenho absurdo, a Huawei alcançou o segundo lugar do mundo como a fabricante que mais vende smartphones, ficando atrás da Samsung e passando a Apple. Vale notar que o principal smartphone iOS do ano ainda não chegou ao mercado, então a Apple possui chances de retomar esse patamar.

Poderemos esperamos mais smartphones focados na área intermediária premium e tops de linha

De acordo com Yu Chengdong, CEO da Huawei, a receita da companhia cresceu mais de 30% entre janeiro e setembro deste ano por causa das vendas. “Com mais de 10 mil funcionários pelo mundo trabalhando em pesquisa e desenvolvimento, esperamos ganhar mais consumidores top de linha, já que o setor high-end é mais lucrativo”, disse.

Isso significa que, nos próximos meses, poderemos esperamos mais smartphones focados na área intermediária premium e tops de linha. Atualmente, a Huawei conta com os aparelhos P10 e Mate 10 na área premium.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Aquos R Compact é o smartphone da Sharp de tela infinita e menor

A japonesa Sharp anunciou na IFA 2017 que estava de volta ao mercado de smartphones. Agora, conhecemos o Aquos R Compact com tela infinita, mas menor: 4,9 polegadas.

(Isto é apenas um teaser – clique aqui para ver o post completo)

via Notícias do Android + Análises de Apps – AndroidPIT

Sharp Aquos R Compact é um smartphone com bordas mínimas e tela menor

Este ano, vimos uma série de smartphones com bordas mínimas que possuem tela grande sem aumentar de tamanho. No entanto, há quem realmente queira uma tela menor. Com isso em mente, a Sharp criou o Aquos R Compact.

Ele possui uma tela Full-HD de 4,9 polegadas com proporção 17:9. O painel ​​IGZO tem taxa de atualização de 120 Hz, exibindo conteúdo em movimento com mais nitidez (smartphones geralmente usam displays de 60 Hz).

O Aquos R Compact tem 66 mm de largura, enquanto o iPhone 8 (com tela menor de 4,7 polegadas) tem 67,3 mm. A borda inferior é grande, abrigando o leitor de digitais com suporte a gestos; enquanto a parte superior tem uma câmera frontal de 8 megapixels.

A interface se adapta para levar em conta o formato irregular da tela. Por exemplo, o Google Agenda é exibido assim por padrão:

Se você quiser, pode mudar as configurações para que a interface não se estenda ao redor da câmera frontal:

Por dentro, temos um processador Snapdragon 660, 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento expansível via microSD. A câmera traseira é de 16,4 megapixels, e a bateria é de 2.500 mAh. Ela tem carregamento rápido através da porta USB-C, e não há entrada tradicional para fone de ouvido.

O Aquos R Compact será lançado em dezembro com Android 8.0 Oreo e atualizações garantidas por dois anos. Seu preço ainda não foi anunciado, mas a Sharp não pretende vendê-lo fora do Japão.

Com informações: Sharp, Engadget, ITmedia.

Sharp Aquos R Compact é um smartphone com bordas mínimas e tela menor

via Tecnoblog

Como desativar o comando de voz de um smartphone? É simples

Uma das funções mais práticas do Google Now  ou Assistant, dependendo do seu smartphone — é a possibilidade de ativá-lo dizendo apenas “Ok, Google”. Com o comando de voz, você pode descobrir a previsão do tempo para o dia seguinte, dar uma olhada na programação do cinema em sua cidade e até mesmo descobrir a resposta a perguntas rápidas, como o ano em que Albert Einstein nasceu.

Contudo, pode ser um pouco incômodo ter esse recurso ativado; um dos motivos é que o smartphone estará sensível e pronto para responder a toda vez que você disser “Ok, Google”. Além disso, se você for um usuário que se preocupa bastante com a privacidade, com certeza não vai querer seu celular escutando (quase) tudo o que você diz, certo? É verdade que não há grandes problemas de privacidade ao deixar o recurso ligado, mas nada impede de desligá-lo também.

Para isso, siga os passos abaixo:

1. Abra o aplicativo do Google ou Google Now em seu smartphone.

2. Em nosso tutorial, utilizamos o Google Now. Toque no menu localizado no canto superior esquerdo da tela, para abrir as configurações.

3. Em seguida, toque em “Configurações”, para abrir o menu. Você verá uma lista com algumas opções. Toque em “Voz”.

4. Ao abrir a opção, haverá “Detecção de Ok, Google”.

5. Toque na chave para desativar o recurso.

Caso você queira utilizar o recurso novamente, é simples: basta repetir os passos e deslizar a chave para ativar o “Ok, Google”, e seu celular voltará a reconhecer seus comandos de voz. É importante lembrar que alguns dos nomes mostrados aqui podem mudar de acordo com a versão do Android de seu smartphone.

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

O smartphone Kodak Ektra roda Android e tem câmera de 21 megapixels

A Kodak é uma das empresas que não conseguiu se adaptar bem ao mundo da fotografia digital. Ela pediu proteção contra falência em 2012 e voltou no ano seguinte focada em produtos empresariais. No entanto, ela não se esqueceu dos consumidores comuns e lançou o smartphone Ektra.

O Kodak Ektra foi anunciado no ano passado, daí as especificações medianas. Ele possui tela IPS de 5 polegadas e resolução Full-HD, processador MediaTek Helio X20 de dez núcleos, 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento expansível por microSD.

O destaque, obviamente, está na câmera. (Na verdade, a Kodak Ektra era originalmente uma câmera de 35mm lançada na década de 40.) Temos aqui um sensor Sony IMX230 de 21 megapixels — o mesmo do Moto X Play — e lente com abertura f/2,0. Ela tem autofoco por detecção de fase, estabilização óptica de seis eixos, e suporte a vídeo em 4K.

Por sua vez, a câmera frontal tem 13 megapixels e abertura f/2,2. A bateria é de 3.000 mAh. Ele ainda roda Android 6.0 Marshmallow. A Kodak está vendendo o Ektra em sua loja online nos EUA por US$ 399.

A CNET testou o aparelho e ficou desapontada. “O Ektra combina um design de plástico de má qualidade, interface desajeitada de câmera e duração de bateria fraca. Isso já frustra o suficiente. Mas a pior parte é que este smartphone focado em fotografia nem mesmo tira fotos ótimas.”

A câmera não reproduz bem as cores, “retratando um céu azul na cor verde”, e o ruído na imagem é muito forte em situações de pouca luz. Além disso, o app é “lento e desajeitado de usar”, levando alguns segundos para abrir, e demorando até cinco segundos para salvar fotos em HDR.

O Pocket-Lint teve uma experiência semelhante: “a câmera produzia imagens saturadas demais com equilíbrio de cores estranho… o lag entre o obturador e a foto era tão ruim que a foto saía embaçada”.

O Ektra não é fabricado pela Kodak, e sim pela britânica Bullitt Group. Ela também foi responsável pelo primeiro smartphone com a marca Kodak, o Instamatic 5, que teve um lançamento tímido em 2015.

Com informações: Engadget, SlashGear.

O smartphone Kodak Ektra roda Android e tem câmera de 21 megapixels

via Tecnoblog

Huawei lança smartphone intermediário com câmera frontal monstruosa de 20 MP

Huawei Nova 2

Terceira maior fabricante de smartphones do mundo, a Huawei vem apostando cada vez mais alto em diferenciais para fazer seus aparelhos se destacarem da concorrência. Prova disso é que nesta sexta-feira (26) a companhia lançou o Nova 2, seu mais novo smartphone intermediário com câmera frontal monstruosa de 20 megapixels.

Com um visual bastante parecido com os aparelhos da linha de alto padrão P, o Nova 2 chega às prateleiras todo trabalhado em metal e em duas variantes diferentes: uma padrão, de 5 polegadas; e outra maior, chamada de Nova 2 Plus, que conta com display de 5,5 polegadas.

Em sua versão básica, o Nova 2 conta com display Full HD de 5 polegadas, 64 GB de armazenamento e bateria de 2.950 mAh
Em sua versão básica, o Nova 2 conta com display Full HD de 5 polegadas, 64 GB de armazenamento e bateria de 2.950 mAh (Divulgação: Huawei)

Além do tamanho de tela, as versões se diferenciam basicamente pelo armazenamento interno e o tamanho de bateria. O Nova 2 vem com 64 GB de armazenamento interno (expansíveis via cartão microSD de até 128 GB) e vem equipado com uma bateria de 2.950 mAh de capacidade. Já o Nova 2 Plus conta com 128 GB de armazenamento, também expansíveis via cartão de 128 GB. A bateria, por sua vez, conta com respeitáveis 3.340 mAh de capacidade.

Para além disso, as demais especificações são as mesmas em ambos os modelos. O display conta com resolução Full HD e uma leve curvatura nas bordas. O SoC é da própria Huawei, um Kirin 659 de oito núcleos (quatro deles rodando a 2,36 GHz e os demais a 1,7 GHz). A GPU é uma Mali T830-MP2 e o usuário tem a seu dispor 4 GB de memória RAM. A segurança fica por conta de um leitor de digitais alocado abaixo das câmeras traseiras do aparelho.

Novos aparelhos intermediários da Huawei chegam inicialmente nas cores azul, verde limão e rosa
Novos aparelhos intermediários da Huawei chegam inicialmente nas cores azul, verde limão e rosa (Divulação: Huawei)

E já que falamos em câmeras, elas são o grande destaque do Huawei Nova 2. Na parte traseira, a chinesa colocou uma dupla de objetivas bem interessantes para o usuário fazer aquela foto perfeita. A primeira delas conta com sensor de 12 megapixels e uma lente com abertura máxima f/1.8; já a segunda conta com 8 MP de resolução e é utilizada principalmente quando há necessidade de zoom. Na parte da frente, a pequena objetiva conta com um sensor surpreendente de 20 megapixels, ideal para os fanáticos das selfies e que buscam uma maior qualidade.

Fora a tela de 5,5 polegadas, o Nova 2 Plus se diferencia pelos 128 GB de armazenamento interno e bateria de 3.340 mAh
Fora a tela de 5,5 polegadas, o Nova 2 Plus se diferencia pelos 128 GB de armazenamento interno e bateria de 3.340 mAh (Divulgação: Huawei)

Para usufruir dessa belezinha intermediária, os usuários terão de desembolsar o equivalente a US$ 365 na versão padrão do Nova 2. Já quem curte uma tela maior, terá de pagar cerca de US$ 420 pelo Nova 2 Plus. As vendas iniciam no próximo dia 16 junho na China, e ainda não há informações quando outros mercados receberão o smartphone. De antemão, entretanto, sabemos que eles não chegarão no Brasil porque a Huawei não opera por aqui. Logo, a única maneira de aproveitar um deles é recorrendo a boa e velha muamba.

Fonte: FoneArena

via Canaltech