Prepare-se, pois o Android vai ganhar 50 novos emojis

Emojis

Se você é um entusiasta da comunicação via emoji, pode comemorar — inclusive com novos bonequinhos. A Google adicionou 51 novos emojis na fase Beta do Android O, indicando que devemos ter tudo isso disponível para todo mundo quando a atualização do sistema chegar ao consumidor final.

E a lista de novidades é realmente enorme e bem variada. Há novas carinhas, seja para dizer que seus olhos brilharam com alguma coisa, que sua cabeça explodiu ou que você simplesmente ficou louco.  Há outros ainda mais divertidos, como uma fada, um mago, um zumbi e um gênio. Caso você queria protestar contra algum político, há também o emoji vomitando.

Os novos desenhos fazem parte do novo Emoji 5.0 do Unicode 10.0. Por enquanto, porém, ainda não há previsão de quando eles chegarão para a grande maioria dos usuários, principalmente porque ainda não sabemos quando o Android O será lançado em definitivo. Até lá, temos que ficar pensando em modos de encaixar esses emojis no maior número de conversas.

Via: Phandroid

via Canaltech

YouTube bate 1,5 bilhão de usuários mensais e anuncia novos recursos

Youtube

Nesta quinta-feira (22), durante a VicCon 2017, que aconteceu na Califórnia (Estados Unidos), o YouTube apresentou os números de acessos aos vídeos na plataforma. De acordo com Susan Wojcicki, CEO da companhia, por mês, nada menos que 1,5 bilhão de pessoas acessam o YouTube. Ainda segundo os dados, os usuários passam mais de uma hora por dia assistindo aos conteúdos publicados na plataforma em dispositivos móveis.

Além dos números, Wojcicki também apresentou algumas atualizações que integrarão o YouTube ao longo dos próximos meses. Entre as novidades está uma nova ferramenta de compartilhamento, que permitirá o envio de vídeos diretamente através do aplicativo do site, conversas com amigos e em grupos. Ao que tudo indica, o novo recurso estará disponível para dispositivos Android e iOS nas próximas semanas.

Na apresentação, a executiva também anunciou que o aplicativo para dispositivos móveis será capaz de se adaptar automaticamente ao formato de vídeo, mesmo que ele tenha sido gravado na vertical, horizontal, em proporção 4:3 ou 16:9, assim como já acontece na versão do YouTube para desktops.

Por fim, o YouTube anunciou que facilitará a criação de conteúdos em realidade virtual. Em parceria com a equipe da Daydream, foi desenvolvido um novo formato, batizado de VR180. Segundo a companhia, a partir de agora a plataforma irá gerar vídeos em 3D durante a captura de vídeos em 180 graus. Pensando em tornar a realidade virtual mais acessível, o YouTube também está iniciando uma parceria com algumas fabricantes para o desenvolvimento de câmeras de menor custo.

via Canaltech

Novos renders do Moto G5S Plus vazam na web e mostram câmera dupla

A Motorola parece não querer parar quando o assunto são lançamento quentinhos no setor mobile. Depois de anunciar na noite da última quarta-feira (21) três novos celulares de entrada – o Moto C Plus e a dupla Moto E4 e Moto E4 Plus –, a empresa pode estar se preparando para a chegada do aguardado Moto G5S Plus. Sem notícias desde maio, o intermediário da marca acabou de cair na web em novas renderizações do aparelho.

Imagens iniciais compartilhadas na internet indicavam que o dispositivo não seria muito diferente de suas versões anteriores. Porém, na sequência, novos rumores apontavam para um smartphone com sistema de câmera dupla na traseira – com supostas fotos de um protótipo do equipamento.

Felizmente, como dá para conferir nos renders acima – postados por Andri Yatim no Twitter –, a Motorola parece ter dado um jeito para que o novo recurso se encaixasse com perfeição no icônico frame circular dessa linha de smartphones. Se isso se confirmar, o Moto G5S Plus e o Moto Z2 podem ser os primeiros celulares da empresa a trazerem as lentes gêmeas.

Em relação a configurações, ainda pouco se sabe, mas o tweet de Yatim revela algumas possíveis características do brinquedinho. É dito que o aparelho pode ter uma bateria de 3.068 mAh – míseros 68 mAh em cima do Moto G5 Plus original – e custar entre US$ 295 (R$ 981) e US$ 310 (R$ 1.031). E aí, será que demora para vermos esse gadget na vida real?

via Novidades do TecMundo

Novos Moto C Plus, E4 e E4 Plus chegam ao mercado brasileiro

moto

Em um evento realizado na tarde desta quarta-feira em São Paulo, a Motorola apresentou seus mais novos smartphones para o mercado brasileiro, os modelos Moto C e C Plus, Moto E4 e E4 Plus.

Como opção de entrada, a linha Moto C chega trazendo smartphones com especificações mais simples, mas que prometem um desempenho equilibrado e honesto. A diferença entre o modelo tradicional, vendido lá fora, e o Plus, que será comercializado no Brasil, fica a cargo do tamanho da tela e da capacidade de bateria. 

O Moto C Plus traz uma tela de 5 polegadas, corpo em metal e vem em duas cores: preta e dourada. Como principais especificações, temos 8 GB de armazenamento, 1 GB de RAM, bateria generosa de 4.000 mAH com carregamento rápido, TV digital, função dual-chip e câmera de 8 MP na parte traseira (sem contar a câmera de selfies com flash na dianteira). Com Android 7 de fábrica, o C Plus chega custando R$ 699.

Já a linha Moto E vem como um update para as versões do ano passado. O irmão menor chega com tela HD de 5 polegadas, sensor de impressão digital, 16 GB de armazenamento interno e 2 GB de RAM. Nesta versão, as câmeras possuem 8 MP na traseira (com autofoco) e 5 MP na frontal (com flash, para selfies até mesmo no escuro). O smartphone, aliás, chega com corpo todo feito em metal e em três cores distintas (azul, preta e dourada), trazendo uma bateria mediana de 2.800 mAh. O aparelho já vem de fábrica com o Android 7.1 Nougat e estreia no mercado pelo preço de R$ 867.

O modelo maior, Moto E4 Plus, vem com tela HD de 5,5 polegadas, acabamento em alumínio e recursos avançados. O destaque, aqui, fica por conta da bateria — bem parruda, por sinal, com 5.000 mAh. O aparelho também traz um sensor de digitais e câmeras traseira de 13 MP e frontal com flash para selfies. Por baixo do capô, o Plus vem com um processador quad-core, 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento. O aparelho também vem nas três cores já mencionadas, rodando o Android 7.1 Nougat, custando R$ 949.

Os novos smartphones já estão disponíveis para venda online no site oficial da Motorola.

via Canaltech

Apesar de recursos, BNDES diz que faltam novos projetos de IoT

Internet das Coisas

É comum ouvir reclamações de empresas nacionais sobre a falta de incentivos para criação da Internet das Coisas (IoT). No entanto, a chefe do departamento de TIC no BNDES, Irecê Fraga Kauss Loureiro, acredita que a história é outra.

A executiva entende que muitas companhias estão esperando pelo Plano Nacional de Internet das Coisas para começar a investir. No entanto, acredita que elas não precisam esperar pelo documento para apresentar seus projetos e buscar investimentos junto ao banco de desenvolvimento.

“Os recursos estão lá, mas sentimos falta de novos projetos. Mesmo com o cenário macroeconômico, não tem restrições de caixa, uma vez que há dinheiro para o BNDES investir em inovação. E para o banco, IoT é inovação”, disse Loureiro. “Nós só pedimos que os projetos sejam maduros e tenham começo, meio e fim”.

A executiva ressalta que a taxa aplicada pelo BNDES é a menor do mercado (10% ao ano), sendo que a instituição entra com 80% do valor no projeto. Em média, as companhias pagam o empréstimo em até seis anos. “Em um banco privado, eles vão pagar no mínimo 20% ao ano”, afirma a especialista. Ainda assim, em sua própria visão, ela crê que os investimentos do governo ainda estão aquém do esperado, mas existem.

Plano de IoT

Sobre o Plano Nacional de IoT, Loureiro afirma que o projeto está em fase de preparo e serão selecionados de três a cinco setores para o Brasil priorizar em Internet das Coisas e seus respectivos planos de ação. Depois disso, as indústrias, esferas do governo e demais participantes serão convidados para discutir o plano.

“Nós, como instrumento de Estado, temos que pensar sobre a implantação e o engajamento de IoT no Brasil”, concluiu a chefe de departamento.

Fonte: MobileTime

via Canaltech

Apesar de recursos, BNDES diz que faltam novos projetos de IoT

Internet das Coisas

É comum ouvir reclamações de empresas nacionais sobre a falta de incentivos para criação da Internet das Coisas (IoT). No entanto, a chefe do departamento de TIC no BNDES, Irecê Fraga Kauss Loureiro, acredita que a história é outra.

A executiva entende que muitas companhias estão esperando pelo Plano Nacional de Internet das Coisas para começar a investir. No entanto, acredita que elas não precisam esperar pelo documento para apresentar seus projetos e buscar investimentos junto ao banco de desenvolvimento.

“Os recursos estão lá, mas sentimos falta de novos projetos. Mesmo com o cenário macroeconômico, não tem restrições de caixa, uma vez que há dinheiro para o BNDES investir em inovação. E para o banco, IoT é inovação”, disse Loureiro. “Nós só pedimos que os projetos sejam maduros e tenham começo, meio e fim”.

A executiva ressalta que a taxa aplicada pelo BNDES é a menor do mercado (10% ao ano), sendo que a instituição entra com 80% do valor no projeto. Em média, as companhias pagam o empréstimo em até seis anos. “Em um banco privado, eles vão pagar no mínimo 20% ao ano”, afirma a especialista. Ainda assim, em sua própria visão, ela crê que os investimentos do governo ainda estão aquém do esperado, mas existem.

Plano de IoT

Sobre o Plano Nacional de IoT, Loureiro afirma que o projeto está em fase de preparo e serão selecionados de três a cinco setores para o Brasil priorizar em Internet das Coisas e seus respectivos planos de ação. Depois disso, as indústrias, esferas do governo e demais participantes serão convidados para discutir o plano.

“Nós, como instrumento de Estado, temos que pensar sobre a implantação e o engajamento de IoT no Brasil”, concluiu a chefe de departamento.

Fonte: MobileTime

via Canaltech

Nova versão do Unicode traz suporte para dezenas de novos emojis; confira

A quantidade de emojis disponíveis no mundo não para de crescer. Nesta terça-feira (20), o Consórcio Unicode, responsável pela padronização de caracteres reconhecidos por navegadores e aplicativos, lançou o Unicode 10.0, criando assim o suporte para dezenas de novos emojis.

Segundo o próprio consórcio, a versão 10.0 trouxe suporte para 56 novos emojis. A Emojipedia já lista todos eles em seu banco de dados, com destaque para três novas bandeiras (Inglaterra, Escócia e País de Gales), novo smileys e novas figurinhas representando barbudos, mulheres de véu, alpinistas, elfos, magos, gênios da lâmpada e mães amamentando, entre outros.

Novos emojis suportados pelo pacote Unicode 10.0.

Animais não ficaram de fora e agora existe suporte para emojis de dois dinossauros, grilo, uma nova zebra e uma nova girafa. Além disso, alimentos como carne crua, brócolis, coco, biscoito da sorte, sanduíche e torta de maçã também estão representados.

Vale lembrar os novos emojis agora dependem de implementação nas plataformas e aplicativos que usam esse tipo de recurso, como Google, Apple, Facebook, Twitter, WhatsApp, Telegram e por aí vai.

via Novidades do TecMundo

Novos apps com trojan Ztorg foram removidos da Play Store

A Google volta e meia parece um tanto negligente no combate proativo aos malwares em sua loja de aplicativos, e isso veio à tona novamente. Desta vez, um especialista em segurança divulgou que encontrou novos aplicativos que usavam o trojan Ztorg disponíveis para download na Play Store.

Os aplicativos em questão eram Magic Browser e Noise Detector,  já removidos da loja de apps pela Google após notificação enviada por Roman Unuchek, especialista em segurança da Kaspersky Lab. Os dois ficaram disponíveis durante pouco mais de um mês e, juntos, já somavam mais de 60 mil downloads.

Trojan encontrado na Play Store poderia abrir brechas de segurança para roubo de informações sobre o seu cartão de crédito

Ainda de acordo com Unuchek, o trojan Ztorg abre uma brecha de segurança no aparelho ao se comunicar com o seu servidor de comando. Ao estabelecer a conexão, o aparelho começa a trocar SMS com o servidor, permitindo assim a identificação da localização exata do usuário.

A razão por trás desse tipo de ação estaria um ataque de clickjacking. Esse tipo de ataque, que em português pode ser chamado de furto de clique, consiste em fazer você usar uma página, mas redirecionar seus cliques para outro site. Com isso, os invasores podem roubar informações pessoais, mais especificamente dados do seu cartão de crédito digitados em seu dispositivo móvel.

via Novidades do TecMundo

Empresa exibe novos fones com amplificadores internos

Blue apresenta na CES 2017 o wireless Satellite, o flagship Ella e o Sadie, sugerido para tablets e smartphones

A companhia Blue, mais conhecida por seus microfones USB, vem surpreendendo o mercado de música e tecnologia com fones de luxo e alta fidelidade, a exemplo do Mo-Fi e do Lola, que chegaram às prateleiras nas temporadas passadas. Nesta semana, a empresa manteve o nível com mais três produtos em apresentação na CES 2017: o wireless Satellite, o top de linha Ella e o Sadie, recomendado para laptops e dispositivos móveis.

Antes de dar uma olhada nas características de cada um, é necessário destacar que a fábrica-estúdio vem conquistando os consumidores por oferecer amplificadores internos e desenho atraente, com maior encaixe para a cabeça e as orelhas.

Leia mais…

via Novidades do TecMundo

Bravia OLED: Sony anuncia novos televisores na CES 2017

Conheça o primeiro televisor com tecnologia OLED da Sony

Durante sua apresentação na CES 2017, a Sony revelou para o público o seu primeiro televisor com a tecnologia OLED. Estou falando do Bravia OLED A1E, um belíssimo modelo de 56 polegadas com resolução 4K e suporte ao HDR que chama atenção pela beleza e linhas retas impressionantes.

O modelo foi apresentado por ninguém menos que Kazuo Hirai, chefe executivo da Sony que esteve presente durante toda a apresentação da companhia na CES 2017. Um dos destaques desse televisor é a presença do processador X1 Extreme, o chip que vai dar o poder de fogo necessário para que essa TV consiga entregar a experiência HDR prometida.

Leia mais…

via Novidades do TecMundo