Vitamina D diminui o risco de ataques de asma, mostra estudo

As chances de uma pessoa asmática ir parar no hospital com insuficiência respiratória diminui se ela tomar suplementos de vitamina D.

A descoberta é de um grupo de pesquisadores da Queen Mary University, na Inglaterra. Eles fizeram sete experimentos para ver como a saúde de 955 pessoas, principalmente adultos com asma leve a moderada, respondia à ingestão de suplementos de vitamina D.

Eles perceberam que o uso de suplementos diminuiu em 50% o número de pessoas que precisaram ir para o pronto-socorro ou serem hospitalizadas por causa de um ataque asmático. Também houve uma queda de 30% na quantidade de asmáticos que precisaram ser tratados com esteroides, principal foram de tratamento da doença. Vale destacar que os melhores resultados da suplementação foram vistos nos participantes que apresentavam baixos níveis da vitamina D – nesse grupo, a redução nas crises e na necessidade de tratá-las com injeções ou esteroides foi de 55%.

Os cientistas acreditam que isso acontece porque a vitamina D consegue aumentar as respostas imunológicas do nosso corpo aos possíveis vírus respiratórios, diminuindo assim a inflamação das vias aéreas que desencadeia as crises asmáticas. Na divulgação do estudo, eles defenderam a suplementação como uma forma benéfica e segura de evitar crises de asma que podem levar à morte. Dentre as vantagens da vitamina D, também destacaram o baixo custo e a facilidade de acesso da substância.

Veja também

O resultado desse estudo reúne evidências de vários outras pesquisas ao redor do mundo e foi publicado no periódico médico The Lancet Respiratory Medicine. “Nossos resultados são baseados em informações sobre a saúde de adultos com asma leve a moderada: crianças e adultos com asma grave foram sub-representados no conjunto de dados, portanto, nossas descobertas não podem ser generalizados para esses grupos de pacientes. Outras experiências clínicas estão em andamento em outros lugares, e esperamos incluir dados deles em um futuro estudo para averiguar se os resultados que encontramos agora também se confirmam em um grupo maior e mais diverso de pacientes”, disse um dos autores da pesquisa, David Jolliffe.

Já dissemos por aqui que a vitamina D não funciona exatamente como as outras vitaminas. Ela pode ser “ativada” no corpo através da alimentação, mas sua fonte mais forte e abundante é sol. A luz solar em contato com a pele desencadeia uma série de reações químicas no nosso organismo que desenvolvem uma forma de pré-vitamina D. Ou seja, a exposição ao sol acorda essa substância que já existe no corpo. Essa molécula entra na corrente sanguínea e chega até o fígado, onde vira calcifediol. A partir disso, ela passa para os rins e é transformada em sua forma ativa, o colecalciferol (mesma substância dos suplementos ou cápsulas da vitamina que encontramos no mercado).

A vitamina D atua como um hormônio, contribuindo para a absorção de cálcio, o bom funcionamentos das células imunológicas. Se sabe que a ausência ou baixos índices dela no organismo podem afetar mais de 2.500 funções celulares. Atualmente, ela é protagonista de vários estudos (e polêmicas) sobre seu potencial na prevenção de infecções e doenças autoimunes.

A recente descoberta dos pesquisadores britânicos e a futura ampliação das pesquisas que relacionam asma ao uso de vitamina D são, trocadilhos à parte, uma luz para as 300 milhões de pessoas que sofrem com a doença respiratória no mundo. Por aqui, o Ministério da Saúde estima que 6,4 milhões de brasileiros tenham asma – a doença é responsável por mais de 100 mil internações no SUS.

via Superinteressante

Samsung mostra como deixar Galaxy Note 8 mais seguro [vídeo]

A mente humana foi desenvolvida ao longo dos anos para gravar padrões, por isso, todo mundo sabe que desenhar um padrão ou digitar um PIN para desbloquear um smartphone não são ações das mais seguras. Hoje, muitos celulares oferecem soluções mais robustas, como leitor de impressão digital e reconhecimento facial. É sobre isso que a nova propaganda da Samsung quer falar.

No vídeo, a Sammy usa o Galaxy Note 8 como smartphone modelo — afinal, é o último lançamento e o aparelho da marca que oferece mais opções para o usuário manter o conteúdo do aparelho longe de mãos criminosas.

O Galaxy Note 8 oferece: leitor de impressão digital, reconhecimento facial, scanner de íris, senha numérica, padrão de desenho e PIN. Veja o vídeo da campanha abaixo:

VIDEO

via Novidades do TecMundo

Experimento nojento mostra por que lavar as mãos antes de comer

Uma professora americana fez um experimento em sala de aula para mostrar aos alunos a importância de lavar as mãos antes de se alimentar. O resultado foi compartilhado pela professora em seu Facebook e é de impressionar.

Na experiência, a professora de 60 anos chamada Donna Gill Allen separou três fatias de pão. A primeira foi manuseada de forma controlada.

A segunda fatia foi manuseada por mãos limpas. A terceira e última fatia, por sua vez, foi pega por todos os alunos da sala antes que lavassem as mãos. Todas as fatias foram armazenadas individualmente em embalagens de plástico.

Na publicação, a professora explica que fez o experimento em uma aula sobre germes e como eles se espalham.

Ao longo dos dias seguintes, os alunos puderam ver como a sujeira deixada pelas mãos influenciaram a proliferação de organismos dentro da embalagem e puderam entender como isso influencia a saúde.

A imagem abaixo, que foi compartilhada pela professora no Facebook, diz tudo. O primeiro pacote foi manuseado em ambiente controlado, o segundo foi manuseado por mãos limpas e o último, por mãos sujas.

(Donna Gill Allen/Reprodução)

Este conteúdo foi originalmente publicado em Exame.com

via Superinteressante

Imagem vazada mostra que Mate 10 Pro terá câmera dupla e tela quase sem bordas

O Mate 10 e o Mate 10 Pro serão revelados em breve pela Huawei e, como tradicionalmente ocorre com smartphones muito aguardados, informações extraoficiais já estão aparecendo. Uma delas vem de uma fonte com um histórico confiável de vazamentos: no final de semana, Evan Blass (ou simplesmente @evleaks) divulgou uma imagem que mostra a frente e a traseira do Huawei Mate 10 Pro.

Mate 10 Pro

Um detalhe que chama atenção logo de cara é o aproveitamento do espaço frontal. O Mate 10 Pro tem bordas laterais muito finas. As bordas superior e frontal têm mais espessura, mas são muito mais reduzidas que a média do mercado. Por conta disso, o leitor de digitais foi posicionado na traseira. Se os vazamentos anteriores estiverem certos, a tela terá 6 polegadas de tamanho (5,99 polegadas, na verdade), painel IPS e resolução de 2880×1440 pixels.

A traseira também chama atenção. A imagem vazada mostra três opções de cores: preta, azul e marrom. Todas têm uma faixa mais clara na área das câmeras — o Mate 10 Pro seguirá a tendência dos sensores duplos, mas com um ficando abaixo do outro.

Blass também soltou uma imagem que dá mais detalhes das câmeras traseiras. Dá para perceber que elas terão lentes Leica e abertura f/1,6. Os sensores, de acordo com informações anteriores, terão 12 e 20 megapixels. A câmera frontal deverá oferecer 8 megapixels.

Mate 10 Pro

É praticamente certo que o Mate 10 Pro virá com o processador Kirin 970, da própria Huawei. O chip é um octa-core de pelo menos 2,4 GHz complementado com uma GPU Mali G72 e recursos focados em inteligência artificial. O aparelho deverá ter ainda 6 GB de RAM, 64 ou 128 GB de espaço para dados, bateria de 4.000 mAh e certificação IP68.

O Mate 10 será parecido, com especificações ligeiramente inferiores. O modelo também terá o Kirin 970 como processador, mas virá com tela IPS de 5,88 polegadas, por exemplo, se os rumores estiverem corretos.

Teremos certeza no dia 16, quando o Mate 10 e o Mate 10 Pro serão anunciados oficialmente. Fala-se que, na data, a Huawei também deverá anunciar o Mate 10 Lite.

Imagem vazada mostra que Mate 10 Pro terá câmera dupla e tela quase sem bordas

via Tecnoblog

Como é trabalhar na Apple? Vídeo mostra os bastidores da empresa

Muita gente tem curiosidade em saber como é o dia a dia de gigantes da tecnologia, como a Google, o Facebook, a Apple, entre outras. Para mostrar um pouco como é o cotidiano da empresa, a Maçã liberou um vídeo promocional que foi distribuído somente via LinkedIn.

O conteúdo de “Como a Inovação Acontece” mostra sequências nas dependências de Cupertino e em lojas, com profissionais montando e testando produtos comoiMacs, MacBooks, iPhonesiPads e Apple Watches.

A campanha, exclusiva para a rede social corporativa, veio com o seguinte texto: “Pessoas vêm à Apple para realizar o melhor trabalho de suas vidas. Elas vêm para colaborar com alguns dos times mais inteligentes e inovadores do mundo para criar produtos e experiências incríveis. E elas vêm porque é um lugar onde seu trabalho pode fazer a diferença”.

Confira:

VIDEO

via Novidades do TecMundo

Sim, é possível! Hacker mostra Windows XP rodando em um iPhone 7

Rodar um sistema operacional no lugar de outro completamente diferente não é novidade, mas é sempre incrível ver casos bem sucedidos. O mais recente veio do canal Hacking Jules e mostra uma troca bem interessante: colocar o bom e velho Windows XP dentro do iPhone 7.

Como você pode ver na demonstração abaixo, a navegação é bastante lenta e o sistema demora até para realizar os comandos mais simples. Além disso, você mexe o mouse deslizando o dedo pela tela, o que não é nada prático. Ainda assim, ele é totalmente funcional: dá para abrir o Menu Iniciar, clicar em ícones na Área de Trabalho, abrir programas e tudo mais.

Veja com os próprios olhos:

Que bruxaria é essa?

Não, não é possível simplesmente desinstalar o iOS 10.2.1 e fazer uma troca pelo sistema operacional da Microsoft. O método utilizado por Hacking Jules envolve uma emulação a partir do iBox, o que é possível somente pelo ambiente de desenvolvimento Xcode. Em outras palavras, é como se o Windows XP fosse uma máquina virtual emulada dentro do iPhone.

Ele parece uma versão ainda mais antiga do XP por conta da placa de vídeo emulada, que tem suporte somente VGA. Porém, como é possível ver pela inicialização, a versão procede e não deixa de ser curioso.

via Novidades do TecMundo

Teste de bateria mostra que a LG acertou ao desistir de modularidade

Teste de bateria do LG G6 mostra que maior capacidade de bateria é melhor. Será que uma atualização mudaria este cenário?

(Isto é apenas um teaser – clique aqui para ver o post completo)

via Notícias do Android + Análises de Apps – AndroidPIT

Novo trailer mostra história e origens da Mulher-Maravilha

Mulher-Maravilha

Uma das mais poderosas e reconhecidas heroínas do universo da DC Comics em breve fará sua estreia oficial em um filme solo nos cinemas.

E como se a expectativa em torno de Mulher-Maravilha já não estivesse bastante alta, os estúdio Warner Bros. resolveram dar mais um gostinho do que deve vir por aí aos fãs, em um novo trailer divulgado neste sábado (11).

Desta vez, as novas cenas do longa mostram um pouco mais da história e origens protagonista interpretada por Gal Gadot, com imagens do treinamento de Diana desde sua infância até o momento em que um piloto americano repentinamente cai nas praias da ilha das Amazonas e envolve a heroína no grande conflito que assola o mundo exterior.

Mulher-Maravilha será o terceiro filme do universo extendido da DC, dando sequência a O Homem de Aço (2013) e Batman vs. Superman: A Origem da Justiça (2016). O filme tem estreia prevista para o dia 1º de junho de 2017.

Além disso, Liga da Justiça, outro longa da produtora que tem previsão de estreia para novembro, trará a personagem novamente às telonas ainda neste ano, ao lado de outros super-heróis da DC, como Batman (Ben Affleck), Superman (Henry Cavill), Aquaman (Jason Momoa), Ciborgue (Ray Fisher) e Flash (Ezra Miller).

via Canaltech

Autopilot bêbado?! Vídeo mostra Tesla Model S descontrolado pelas ruas

Juntar a família Tesla de carros elétricos e o sistema de direção inteligente desenvolvido pela montadora parece ser a fórmula ideal para criar um kit de transporte econômico e muito seguro, certo? Um vídeo divulgado na internet há alguns dias, porém, joga boa parte desse conceito por água a baixo. Isso porque, nas filmagens feitas de dentro do automóvel, o Model S aparece quase que literalmente sambando na pista diante de um trajeto limpo e bastante simples.

O andar de bêbado do veículo com o modo TACC ativado – uma espécie de piloto automático mais rudimentar – não tem muita explicação, mas é bastante claro durante os pouco mais de três minutos de gravação. Em um certo trecho do clipe, o possante até parece conseguir se manter em sua faixa sem muitos problemas, no entanto, logo a instabilidade retorna e o carrão mal consegue acompanhar uma linha reta sem perder o controle, começando a virar o volante em direção à contramão. Assista a esses momentos tensos:

Complicado, hein?

Um problema ocasionado a partir de uma atualização recente de firmware

De acordo com Scott, dono do Model S, o mais estranho de tudo é que ele já deixou seu Tesla circular tranquilamente por esse mesmo trajeto pelo menos umas 30 vezes, sem nenhum tipo de problema. Com base nessa informação, um internauta que comentou no vídeo no site do YouTube sugeriu que pode se tratar de um problema ocasionado a partir de uma atualização recente de firmware do Autopilot 2.0. Pode parecer um palpite arriscado, mas, na verdade, se trata de uma ideia bastante plausível.

Como é possível conferir no tweet acima, quando update de software foi liberado para os carros da empresa, no final de janeiro, Elon Musk foi à rede social para avisar que os motoristas deveriam tomar cuidado. O motivo? A mudança poderia causar a descalibragem dos sensores do veículo e acabar exigindo que o carro fosse levado à concessionária para ajustes no ângulo de inclinação das câmeras. A lição que fica com tudo isso é que, manter a atenção no trânsito e as mãos perto do volante ainda são “males” necessários.

via Novidades do TecMundo

Site mostra a origem do seu sobrenome e diz onde ele é popular

Já parou para pensar quantas pessoas no mundo carregam o mesmo sobrenome que o seu? E de onde ele veio? Qual país no mundo em que ele é mais popular?

Utilizando dados coletados em vários países, o site Forebears indica onde estão os maiores agrupamentos de pessoas com os mesmos sobrenomes.

Basta digitar o seu sobrenome no campo “Enter a Surname”, ser direcionado para uma nova página e ver o número de pessoas que partilham do mesmo resultado.

Segundo o site, no Brasil os sobrenomes mais populares são Silva, com mais de cinco milhões de indivíduos, e Souza, com quase quatro milhões de pessoas.

Quer ver como o seu sobrenome se sai? Clique aqui para fazer o teste.

Conteúdo originalmente publicado em Exame.com

via Superinteressante