Navegador integrado do Android ganha recursos importantes de segurança

Um recurso bastante utilizado do Android acabou de receber uma melhoria substancial em sua segurança. De acordo com a Google, uma atualização no componente WebView deve fazer com que o navegador integrado da plataforma ganhe uma dose extra de proteção, impedindo a ação de endereços maliciosos e invasores mal-intencionados.

O mini browser que acompanha o sistema mobile da Google é uma mão na roda para qualquer um que tenha um celular Android, fazendo com que o usuário possa visualizar páginas na web diretamente em outros apps, sem que necessariamente tenha que fazer a transição para o Chrome ou outro software dedicado. É isso que faz com que um link acessado via Facebook ou Twitter, por exemplo, seja aberto em uma janela de forma rápida e fácil.

Esquema de checagem de segurança

O problema é que toda essa simplicidade e eficiência abre portas que podem comprometer a segurança do seu dispositivo. Ciente disso, a Gigante das Buscas resolveu incluir o recurso de Safe Browsing (Navegação Segura) ao navegador em miniatura, fazendo com que qualquer clique passe sempre pelo gigantesco banco de dados de malwares e phishing da empresa.

A tendência é que a plataforma se torne mais segura

Adicionalmente, o update deve modificar a renderização de sites feita pelo WebView, dificultando consideravelmente o acesso de softwares maliciosos. O mais interessante é que os desenvolvedores podem habilitar essas novidades muito facilmente, tendo apenas que adicionar uma linha de código a seus apps. Com isso, a tendência é que a plataforma se torne consideravelmente mais segura no futuro.

via Novidades do TecMundo

Samsung leva o Galaxy Folder 2, o Android com flip, para a Coreia do Sul

Quando alguém fala que a Samsung pensa em todos os públicos possíveis na hora de planejar a sua extensa linha de smartphones, não está sendo exagerado. Prova disso é a chegada à Coreia do Sul do Galaxy Folder 2, a nova versão do smartphone com Android, flip e teclado físico que já havia sido lançado na China em setembro de 2016.

Um olhar mais desatento pode confundir o Galaxy Folder 2 com um smartphone convencional, mas basta analisar o aparelho com cuidado (ou pegá-lo nas mãos) para perceber que ele é dobrável e tem um estilo clássico dos aparelhos que fizeram muito sucesso até o final da primeira década dos anos 2000.

O Galaxy Folder 2 conta Android 6.0.1, tela de 3,8 polegadas com resolução WVGA, Snapdragon 425 e 2 GB de RAM. Além disso, traz 16 GB de memória interna, câmera traseira de 8 megapixels e câmera frontal de 5 megapixels. O dispositivo tem 15,4 milímetros de espessura e pesa apenas 160 gramas.  Uma bateria de 1.950 mAh mantém tudo isso funcionando.

O dispositivo não é dos mais poderosos, mas pode ser uma ótima opção para quem busca algo simples e com estilo tradicional. Disponível nas cores preto e Borgonha, ele chega à terra natal da Samsung por US$ 260, cerca de R$ 870 — não há qualquer previsão de lançamento em outros países.

via Novidades do TecMundo

Prepare-se, pois o Android vai ganhar 50 novos emojis

Emojis

Se você é um entusiasta da comunicação via emoji, pode comemorar — inclusive com novos bonequinhos. A Google adicionou 51 novos emojis na fase Beta do Android O, indicando que devemos ter tudo isso disponível para todo mundo quando a atualização do sistema chegar ao consumidor final.

E a lista de novidades é realmente enorme e bem variada. Há novas carinhas, seja para dizer que seus olhos brilharam com alguma coisa, que sua cabeça explodiu ou que você simplesmente ficou louco.  Há outros ainda mais divertidos, como uma fada, um mago, um zumbi e um gênio. Caso você queria protestar contra algum político, há também o emoji vomitando.

Os novos desenhos fazem parte do novo Emoji 5.0 do Unicode 10.0. Por enquanto, porém, ainda não há previsão de quando eles chegarão para a grande maioria dos usuários, principalmente porque ainda não sabemos quando o Android O será lançado em definitivo. Até lá, temos que ficar pensando em modos de encaixar esses emojis no maior número de conversas.

Via: Phandroid

via Canaltech

Melhores Apps da Semana para Android: 23/06/2017

Como vão, caros amigos do Baixaki? Chegou a hora de mais uma edição de nosso Melhores Apps. No nosso quadro semanal, trazemos uma lista com todos os aplicativos que mais se destacaram nos últimos dias na categoria Android. Quem é fã já sabe como funciona: para saber mais de cada utilitário ou jogo mostrado e fazer o download deles, basta usar nosso app oficial, que traz todos eles a um fácil acesso.

Abrindo a lista da semana temos Shabaam, um app pensado para os fãs de GIFs. Além de trazer uma tonelada dessas imagens animadas, o programa ainda permite a você dublá-los como quiser e enviar como um vídeo em looping para seus amigos. É só pesquisar o tema que deseja usar, escolher um GIF, gravar sua voz e pronto mandar ele via Facebook, Instagram ou outra rede social ou mesmo salvar o resultado para ter com você.

Pensando em aprender uma língua diferente? Nesse caso, o Beelinguapp pode ajudar. Através dele, você consegue ler e ouvir uma história simultaneamente em dois idiomas, usando contos divertidos e livros clássicos. Para aqueles que desejam treinar a fala, o app ainda conta com uma função “karaokê”, para ajudá-lo a entender como pronunciar cada sílaba direitinho.

SaferVPN, por sua vez, é um app para quem quer navegar na internet com maior privacidade. Isso porque ele utiliza um servidor secundário localizado em pontos distintos do mundo para mascarar seu ponto de origem, permitindo um acesso mais seguro e até contornando bloqueios geográficos. É importante notar, no entanto, que ele possui um tempo de uso limitado em sua versão grátis.

Já se você quer ainda mais privacidade ou o acesso a sites ainda mais restritos, então a dica é usar o Orfox. Essa versão do famoso Tor baseada no Firefox do Android garante anonimato por espalhar sua navegação em diversos servidores, ao mesmo tempo em que dá acesso ao misterioso conteúdo da Deep Web. Como sempre, recomendamos cuidado para os curiosos que quiserem se arriscar nessa área perigosa da internet.

Fechamos nossa lista de utilitários com um poderoso serviço de backup na nuvem. Com o Resilio Sync, você pode guardar documentos de todo o tipo com segurança. Mas o melhor de tudo é que essa ferramenta está disponível em outras plataformas, permitindo um acesso rápido de seus arquivos por celular, Windows e Mac.

Nossa lista de games começa com uma das franquias já consagradas para o mundo mobile. Estamos falando, claro, de Asphalt Street Storm Racing, que coloca o jogador em uma disputa de velocidade focada em arrancadas. Então pode deixar a direção para trás e se preocupar em preparar bem o motor do carro, porque você vai precisar de muita habilidade para trocar de marcha na hora certa e manter o carro na pista.

Por falar em clássicos, temos mais um nome de peso por aqui, mas com uma cara um tanto diferente. A ideia de lançar seus pássaros para atacar continua, só que agora você os dispara de maneira parecida com um jogo de sinuca, fazendo com que eles ricocheteiem pela tela e derrubem os inimigos no caminho. O jogador ainda pode liberar novos personagens e fazer eles evoluírem, para ganharesm novos poderes e causarem mais estrago nos ataques.

Prepare-se para um game de cartas e RPG dos mais malucos possíveis – afinal, estamos falando da série South Park. Em Phone Destroyer, cada jogador tem acesso a um baralho cheio de cartas, tendo como objetivo invocar criaturas e poderes para derrotar seu adversário em partidas online multiplayer de RPG. Tudo isso, claro, acontece com toda a canastrice e humor cheio de menções da adorada franquia.

Que tal uma descontraída carnificina online? Pois é isso que Overload oferece. Neste jogo multiplayer, você controla um assassino que deve matar todos os outros adversários, a bordo de veículos dos mais malucos armados com metralhadoras, mísseis, escudos, ondas de choque e tudo mais. A ideia é simples, mas direta.

O último app de hoje vem para os amantes de simulação de voo. No controle de caças como o Mig-29, o F-14 e até o F-18, FoxOne Special Missions Free dá a você a chance de mostrar suas habilidades como piloto, guiando as aeronaves em missões cheias de inimigos. Para deixar tudo melhor, você ainda pode visitar diversos novos cenários e até cumprir missões secundárias, para provar que realmente é um ás nos céus.

…..

É uma pena, mas nossa lista de apps chegou ao fim mais uma vez. Enquanto você espera mais das nossas novidades, por que não dá uma olhada no Baixaki e no TecMundo para conferir algumas de nossas dicas anteriores? Não esqueça, é claro, de deixar nos comentários o que achou de nossas sugestões, além de ficar atento para nossa próxima lista.

via Novidades do TecMundo

6 maneiras de aproveitar melhor o relógio do Android

Se pararmos para contar quantas vezes desbloqueamos o celular, com certeza a maioria das delas vai ser para conferir as horas. Também usamos bastante o relógio para criar alarmes. Resumindo, esses quatro dígitos que acompanhamos todos os dias fazem parte da nossa rotina diária.

Usuários do Android possuem um aplicativo de relógio disponível no Google Play bastante eficiente. Veja 6 dicas de como aproveitá-lo melhor.

1. Abra o aplicativo com um único clique

Se você deseja abrir o app de relógio do seu Android, não é necessário buscá-lo em meio aos outros aplicativos. Basta tocar, com o aparelho desbloqueado, no widget que exibe os dígitos, e pronto!

2. Use o relógio como papel de parede

Para não precisar desbloquear o aparelho para conferir as horas, basta colocar o relógio como proteção de tela. Para isso, vá em Configurações > Visor > Daydream ou Proteção de tela > Relógio.

Clique na engrenagem ao lado da palavra “Relógio” e selecione o estilo “digital ou analógico” e escolha se deseja o Modo noturno ativado ou não.

3. Aumente o som do alarme gradualmente

Em alguns dias, fica mais difícil acordar e, muitas vezes, o alarme não dá conta. Para evitar isso, o relógio do Android oferece a opção de aumentar gradativamente o som do alarme.

Toque no relógio e, em “Configurações”, vá em “Aumentar gradualmente o volume” e escolha os segundos desejados.

4. Use qualquer arquivo de áudio como alarme

Os áudios dos alarmes podem parecer um pouco irritantes, mas você não é obrigado a ouvi-los. Para escolher sua música preferida como alarme, siga a instrução abaixo:

Em configurações do relógio, toque em “Som do timer” e em “Adicionar nova”. Escolha o arquivo no seu celular, e pronto!

5. Gerencie o modo “Não perturbe”

Esse modo existe para aqueles dias em que você não quer ser incomodado com nenhuma notificação, mas ainda precisa do alarme, por exemplo.

Para que isso ocorra, a configuração do modo deve ser feita de maneira manual, e não automática. Nas configurações do Android, toque em Sons e notificações > Não perturbar > Permitir exceções. Escolha as opções desejadas.

6. Silencie o alarme depois de um tempo

Muitas vezes, o alarme desperta justamente quando não estamos por perto para desligá-lo, como no banho, por exemplo. Para isso, basta ativar a opção de silenciar o despertador após certo período de tempo.

Nas configurações do relógio, vá até “Alarmes” e “Silenciar depois de” para escolher os minutos.

via Novidades do TecMundo

Samsung anuncia novo celular flip com Android e tela de 3,8 polegadas

Chamado de Folder Flip 2, aparelho traz 2GB de RAM, bateria de 1.950mAh, processador quad-core de 1.4GHz e vai custar cerca de US$260 na Coreia do Sul.

via IDG Now!

Os 10 melhores apps Android da semana (22/06/17)

appsandroid2206

Na lista de aplicativos para Android desta semana a gente traz atualizações e novidades interessantes para o seu smartphone ou tablet. De VPN a memes brasileiros, tem de tudo um pouco pra você renovar seus apps!

1. Firefox Focus

A privacidade falou alto nessa versão do Firefox. O novo Focus traz toda a praticidade e tradição do navegador da raposinha de fogo, mas com um plus especial: ele bloqueia uma infinidade de rastreadores online pra você de maneira automática, te deixando tranquilo para navegar na web sem ser surpreendido com os indesejáveis anúncios que tanto nos afligem e atormentam. Sem essa de deixar rastros, aliás: com ele você apaga, fácil, fácil, seu histórico, senhas e cookies. Quer experimentar? É de graça!

2. Turbo VPN

Taí um aplicativo simples, rápido e prático. Se você quer navegar sem ser percebido, desbloqueando restrições por geolocalização e se proteger, o Turbo VPN é a ferramenta certa. Ele criptografa os pacotes de dados, te permite navegar anonimamente (sem deixar rastros) e contorna os famosos firewalls de proxy de instituições e empresas. Funciona com Wi-Fi, LTE, 3G e todos os pacotes de dados móveis. 

3. Cheetah Keyboard

O Cheetah é uma nova opção para você que curte personalizar o teclado do Android. Ele suporta pequenos gestos e conta com um modelo de aprendizado profundo, que suporta "inputs" como digitação por deslize de teclas e previsão das palavras que você vai usar antes mesmo de completar a frase. Além disso, ele traz emojis e temas bacanas para deixar tudo mais bonito.

4. Manga Reader 2.0 R

Para quem curte quadrinhos japoneses — os famosos mangás —, ter um leitor no celular é essencial. O Manga Reader funciona online e permiite a você acessar e baixar seus títulos favoritos para ler na tela do smartphone, com um layout bem minimalista e direto ao ponto. Bom para quem quer ler mangás quando e onde quiser.

5. Memes Brasileiros

O melhor do Brasil é o internauta brasileiro. Nosso país já é famoso lá fora por ser uma fábrica de memes, uma máquina de piadas que funciona até mesmo quando a cerco aperta, o caldo engrossa e o bicho pega. Ele traz os áudios dos melhores memes brasileiros, o que torna aquela zoeira com os amigos ainda melhor. É só apertar o botão para ouvir seu meme falando e compartilhar o áudio no WhatsApp, Telegram, Messenger ou onde você bem entender!

6. TV Play

Seu telefone não tem TV, mas bem que você gostaria, né? Bom, você pode resolver boa parte do problema com o TV Play. O aplicativo traz vários canais da televisão brasileira para seu Android, e basta estar conectado à internet para assistir a seus programas favoritos!

7. Zedge

O Zedge é um pacotão que traz ferramentas bem legais para personalização de smartphones. Com ele você tem acesso a um arsenal de papéis de parede, ícones, sons para toques e para notificações. Você escolhe como quer deixar seu celular, salva as opções favoritas e navega por categorias por entre o conteúdo disponibilizado. Se gostar, é só definir, salvar e pronto!

8. Angry Birds Evolution

Os passarinhos mais nervosos do pedaço voltaram. E agora, você pode colecionar e evoluir mais de cem novos birds que vieram da parte mais barra-pesada da cidade para combater tudo quanto é porco no caminho! Seu objetivo é montar uma equipe para acabar de vez com esse bando de suínos que insiste em habitar a Ilha dos Pássaros!

9. Metal Soldiers 2

Lembra do Metal Slug, do PlayStation? Parece que andaram se inspirando completamente no jogo para criar o Metal Soldiers, que, agora, chega a seu segundo capítulo no Google Play. O game traz a adrenalina do joguinho de plataforma do PSOne e um design 2D bem bacana. Entre em tanques de guerra, robôs mecha e até helicópteros para combater as forças rebeldes em 15 fases incríveis!

10. SEGA Forever

Olha que novidade bacana a Sega trouxe ontem para Android: uma coletânea de games clássicos de consoles como Mega Drive, Master System, Sega CD e Dreamcast diretamente para o celular! A cada duas semanas, a empresa vai lançar um novo título, sendo os primeiros apenas sucessos do Mega Drive (Sonic The Hedgehog, Phantasy Star II, Comix Zone, Kid Chameleon e Altered Beast).

Os games são gratuitos,mas têm propagandas. Se você quiser tirar os anúncios, tem de pagar cerca de R$ 6,60 pelo jogo "limpo".

via Canaltech

Código-fonte do Android O pode entregar qual vai ser seu nome

Um ponto que colaborou com a não escolha do nome Nutella para o Android 7.0 é o fato de ser um nome próprio e uma marca registrada

A tradição das edições do sistema operacional Android sempre carregarem o nome de algum doce em uma sequência alfabética deixa as pessoas malucas quando uma versão nova está para sair – todo mundo quer tentar adivinhar qual vai ser. A mais recente acabou enganando muita gente, pois na vez do N todo mundo chutou Nutella e acabou recebendo Nougat, uma iguaria muito parecida com o que nós chamamos aqui no Brasil de torrone.

Um ponto que colaborou com a não escolha do nome Nutella para o Android 7.0 é o fato de ser um nome próprio e uma marca registrada. Porém, como a Google já havia usado KitKat na versão 4.4, as pessoas ficaram nessa esperança e colocaram como maior aposta para a versão 8.0 o nome Oreo, marca famosa de bolachas recheadas.

Android O ainda pode ser Oreo?

Cavando fundo

Um passeio rápido pelo código-fonte do sistema pode entregar o nome que vai ter: Oatmeal Cookie, ou biscoito de aveia. Isso porque é fácil encontrar em grandes quantidades a sigla “oc” no código. Como apenas isso não é muito concreto para batermos o martelo, quem esteve na Google I/O 2017 esse pode flagrar um trecho de código com o termo “oatmeal cookie”.

Pode ser que sim, pode ser que não, pode ser apenas uma distração para enganar os mais ansiosos. Seja como for, ainda vai levar um tempo para a Google revelar o nome da nova versão de seu sistema operacional, portanto, ainda temos tempo suficiente para especular mais e mais. Como você acha que vai ser o nome do Android O? Deixe sua opinião aí nos comentários.

via Novidades do TecMundo

6 recursos recentes do YouTube para testar no Android e no iOS

Quando o assunto é assistir vídeos na internet, o primeiro site que vem à mente é o YouTube. Claro que, nos últimos anos, o Facebook tem investido pesado nesse tipo de mídia, mas a plataforma da Google ainda é a mais popular e preferida entre os usuários. É por isso que o serviço sempre recebe atualizações para melhorar a experiência, principalmente no mobile  no Brasil, por exemplo, o app figura entre os mais usados nos celulares.

Então, por que não tirar proveito de algumas funções recém-adicionadas ao aplicativo? Separamos 6 desses recursos abaixo, a maioria deles disponíveis tanto para Android quanto para iOS.

1. Toque duplo para avançar ou retroceder

É difícil encontrar alguém que acesse o YouTube e veja um vídeo do começo ao fim, sem pausar ou pular; pelo menos uma vez, você deve ter avançado para uma parte do clipe para ver só o que lhe interessa. Acontece que, no smartphone, esse processo é simplificado com um simples toque duplo na tela para avançar ou retroceder até um determinado ponto. Toque duas vezes na direita do display para avançar, ou duas vezes na esquerda para voltar.

Você ainda pode alterar a duração desse pulo ao clicar nos três pontinhos no canto superior direito, depois Configurações > Gerais e “Toque duas vezes para buscar” para selecionar uma marcação entre 5 e 60 segundos.

2. Interrompa ou limpe seu histórico de buscas

Conforme você for assistindo vídeos no aplicativo do YouTube, a página inicial do app passará a exibir vídeos que possam ser do seu gosto pessoal. Isso graças a um mecanismo que toma como base seu histórico de pesquisas no serviço, semelhante ao que já acontece na versão do YouTube para PC. A questão é que esse recurso pode causar incômodo em quem prefere manter isso tudo no anonimato, evitando que outras pessoas saibam o que você viu no aplicativo.

Para alterar essa funcionalidade, clique no menu superior na Home do YouTube, acesse Configurações > Histórico de Privacidade e marque as opções “Pausar o histórico de exibição” e “Pausar o histórico de pesquisa”. Você também pode limpar os históricos de exibição e de pesquisa para zerar o app.

3. Assista a vídeos em realidade virtual

Talvez você não saiba, mas qualquer vídeo do YouTube pode ser assistido em realidade virtual. Basta ter um headset compatível com a tecnologia, abrir um clipe, clicar nos três pontinhos no canto superior direito (se estiver vendo em tela cheia, clique para revelá-lo) e depois em “Visualizar no Cardboard”. Feito isso, conecte o celular ao acessório VR para começar a assistir.

Pelas lentes do headset, você verá o vídeo do YouTube flutuando em uma tela dentro de um espaço de realidade virtual, como se você estivesse assistindo a um filme em uma sala de cinema.

Vale lembrar que alguns modelos de headset permitem mudar certas configurações de visualização. Para alterar a forma de reprodução do vídeo, pressione um botão na lateral do dispositivo  nem todos possuem esse botão, então verifique no seu aparelho  para exibir os controles; depois, aponte para o comando desejado e aperte o botão na lateral novamente. Além disso, o YouTube conta com um canal dedicado a conteúdos VR que podem ser assistidos em 360º.

Apesar de já termos alguns dispositivos de realidade virtual no mercado, a tecnologia ainda não é muito acessível a nós, usuários comuns. No Brasil, as opções são mais limitadas porque alternativas mais em conta ainda não estão oficialmente disponíveis por aqui. Em todo o caso, é possível importar dos Estados Unidos, e o mais barato e funcional é o Google Cardboard, que pode ser adquirido por US$ 13. Alguns sites de leilão nacionais também vendem o acessório, com um preço médio de R$ 20.

4. Legendas

É provável que, em muitas vezes, você não consiga ver um vídeo do YouTube em som alto, seja por causa do local onde você está ou por não ter fones de ouvido em mãos. Em situações como essas, uma solução é continuar assistindo sem som, mas usando legendas.

Hoje em dia, os donos dos canais já sobem seus vídeos com legendas sincronizadas; o próprio YouTube oferece há alguns anos uma tradução simultânea e automática para quase todos os clipes. Os subtítulos podem ser traduzidos para dez idiomas, incluindo inglês, holandês, francês, alemão, italiano, japonês, coreano, português, russo e espanhol. A tradução não é perfeita, mas possibilita uma compreensão das falas mostradas no vídeo em reprodução.

Para ativar, clique no menu no canto superior direito e selecione “Legendas” para escolher um idioma. Lembrando que, se o responsável pelo vídeo tiver adicionado alguma tradução, ela aparecerá nessa aba  o que significa que o YouTube não poderá traduzir o texto automaticamente.

5. Reprodução automática

Também disponível no PC, a função “Reprodução automática” pode ser ativada ou desativada a qualquer momento no app do YouTube para tablet ou smartphone. O recurso consiste em abrir um vídeo em sequência logo que o clipe atual chegar ao fim, como uma espécie de playlist. Por padrão, essa opção já vem habilitada; para interrompê-la, é só desmarcar o botão de autoplay.

6. Salve vídeos offline

O YouTube agora permite que você salve vídeos para assisti-los depois, mesmo sem conexão com a internet. A má notícia é que essa opção só está acessível para assinantes do YouTube Red, que é a versão paga do site de vídeos do Google e que ainda não está disponível no Brasil.

Se você mora nos países onde a plataforma foi lançada  Austrália, Coreia do Sul, México, EUA e Nova Zelândia , o recurso para ver conteúdos em offline sempre aparecerá ao lado do botão “Compartilhar”, abaixo do vídeos. Estes, por sua vez, ficam armazenados na aba “Perfil”, no canto superior direito da página inicial da versão do aplicativo para Android; já no iOS, acesse “Biblioteca” na Home do app.

Você também pode alterar a qualidade dos vídeos guardados nas configurações do app do YouTube. É possível selecionar resoluções entre 144p e 720p.

via Novidades do TecMundo

Smartphones com Android 2.1 não poderão mais baixar apps da loja do Google

Você se lembra da época do Android Market? Ele foi substituído pela Play Store em 2012, porém algumas versões do sistema permanecem com a antiga loja de apps — e ela deixará de funcionar em breve.

Foto por Mr Seb/Flickr

O Google avisa em seu blog para desenvolvedores que, em 30 de junho, o Android Market deixará de ser suportado no Android 2.1 Eclair e versões anteriores. Isso significa que não será mais possível acessar ou instalar aplicativos da loja. Os usuários não vão receber uma notificação no dispositivo sobre a mudança “devido a restrições técnicas”.

Daqui para a frente, esses dispositivos antigos terão que instalar apps via sideloading — ou seja, instalando APKs diretamente. Nem mesmo lojas alternativas são compatíveis: a Amazon Appstore requer Android 4.1 ou superior; enquanto a F-Droid, que reúne aplicativos de código aberto, exige Android 2.2 ou superior.

Foto por techcloudgr/Flickr

Motorola Milestone rodando Android Eclair

O Eclair engloba as versões 2.0 e 2.1, lançadas entre 2009 e 2010. Entre as novidades, elas traziam suporte a HTML5 e a zoom com dois toques no navegador; suporte a flash e a zoom óptico na câmera; e compatibilidade com Bluetooth 2.1.

O Google Play segue disponível no Android 2.2 e superior.

Smartphones com Android 2.1 não poderão mais baixar apps da loja do Google

via Tecnoblog