Google registra patente de celular duplamente dobrável

O Google registrou uma patente do que pode ser um smartphone dobrável, mas que não tem pretensões de virar um tablet – ele só é dobrado para ficar menor mesmo. O curioso é que o documento demonstra que o aparelho pode ser dobrado uma ou duas vezes, diminuindo ainda mais o tamanho total do celular.

Os dois modos são descritos como um dispositivo que dobra em forma de V, colocando as partes móveis no meio, ou então um modo onde ele é dobrado em Z e, desta forma, insere duas áreas que podem ser giradas no dispositivo. Diferente do que foi apresentado pela Samsung, Huawei e até a TCL, este modelo é apenas um celular que pode ficar mais confortável no bolso e não quer ser um tablet dobrável.

No mês passado a Apple também reservou para ela a possibilidade de dobrar um smartphone em duas partes, de forma muito semelhante ao que o Google descreveu. A Motorola também é outra empresa que pensou em um celular que fica menor, dando mais combustível para os rumores sobre um novo Razr em formato de flip.

De todos os desenhos e projetos de aparelhos dobráveis, este é o que mais me chamou atenção. Ter um aparelho de seis polegadas que dobra e ocupa o espaço de um de três polegadas no bolso é algo realmente interessante.

Vale lembrar que uma patente não necessariamente significa que o produto está em produção. Ela apenas garante que este desenho é do Google, protegendo sua propriedade intelectual. Mas, quem sabe o próximo Pixel é assim.

Com informações: The Next Web.

Google registra patente de celular duplamente dobrável

via Tecnoblog

Publicado por Carlos Trentini

Eu, eu mesmo e eu, agora e nas horas vagas...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *