Netflix deve pagar US$ 100 milhões para manter Friends no catálogo

O rumor levantado nesta semana de que Friends sairia do catálogo da Netflix foi desmentido pela rede de streaming. Em conferência com investidores, o diretor de conteúdo da companhia informou que tudo se tratava apenas de um rumor, sendo que Friends se manteria no catálogo da empresa. Contudo, especula-se agora que a companhia vai ter que pagar um preço alto para manter os direitos por mais um ano.

Posteriormente à reunião, a própria Netflix confirmou oficialmente a manutenção de Friends na plataforma. “Friends vai estar aqui ainda para vocês nos Estados Unidos”. Em seguida, o perfil brasileiro da série também confirmou a manutenção por aqui.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Segundo levantamento do New York Times, duas pessoas próximas das negociações informaram que a Netflix pagou cerca de US$ 100 milhões (~R$ 382 mi) para manter o programa na plataforma. Isso representa mais que o triplo dos US$ 30 milhões (~R$ 114 mi) que o serviço de streaming havia negociado no ano passado com a WarnerMedia.

Esse seria até o motivo que levou ao rumor, que a Netflix poderia achar abusivo o preço cobrado pela detentora dos diretos de Friends. Contudo, a rede de streaming sabe que pode perder mercado em breve.

A Disney está prestes a lançar seu próprio serviço e já retirou da concorrente alguns de seus produtos, como a continuação da série de Demolidor.

Atualmente, a Netflix conta com 187 milhões de usuários em todo o mundo, sendo que mais de dois terços ainda são dos Estados Unidos. O simples rumor de que Friends, um dos programas mais populares da história da comédia mundial, sairia da plataforma gerou uma repercussão negativa para a Netflix. Isso teria feito com que ela considerasse pagar o preço bem acima pedido pela WarnerMedia.

Ambas as empresas, contudo, se negaram a comentar o processo.

É possível, contudo, que este seja o último ano da sitcom na Netflix. Isso porque a AT&T está criando seu próprio serviço do gênero. Como a empresa comprou a Time Warner recentemente, é natural que traga com exclusividade o conteúdo para sua própria plataforma, o que deve acontecer já no ano que vem.

Fonte: NY Times

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *