Esports Week trará discussão sobre inserção de esportes eletrônicos na educação

O painel Esports no Brasil — Investindo na formação acadêmica e desenvolvimento profissional da comunidade brasileira será debatido no evento Esports Week (ESW) e trará a discussão de como parcerias entre universidades e desenvolvedoras de jogos podem contribuir para que o tema seja incluído nas grades curriculares das instituições de ensino. Trabalho conjunto de Adalberto Bosco, Professor Doutor do Senac São Paulo, Jonathan Pan, instrutor de esports da University of California (EUA) e Tiago Ficagna, Coordenador do curso de Design de Jogos e Entretenimento Digital da Universidade do Vale do Itajaí (SC), o painel também discutirá a inclusão de Esports nas ações desportivas das universidades.

“O esport pode ser a porta de entrada para muitas instituições que ainda não contam com programas desportivos tradicionais, em especial por requerer um investimento mais baixo”, afirma Ficagna. O coordenador acrescenta ainda que é primordial que as universidades invistam no segmento como um todo. “As áreas de design, engenharia e computação são as que mais formam profissionais aptos a criar os novos jogos de esports. E precisamos aprender a explorar o potencial econômico desse segmento aqui no Brasil, criando títulos nacionais que possam competir com os internacionais”, completa.

O colega de pesquisa Jonathan Pan concorda com Ficagna. Ele afirma que as universidades interessadas devem investir em programas de bolsas de estudos para jogadores amadores. “Além desses programas, é importante que as instituições ofereçam cursos sobre a história, os negócios e as aplicações práticas do esports”, acrescenta Pan. Segundo Adalberto Bosco, o incentivo financeiro e as parcerias universidades-desenvolvedoras são de extrema importância. “Para isso, entretanto, seria necessário o reconhecimento por parte do poder público, uma vez que a modalidade ainda não é reconhecida pelo Ministério do Esporte apesar da existência de alguns projetos de lei, propostos com este objetivo. Isso acontece pelo fato do assunto ser muito novo e desconhecido por grande parte da população”, defende Bosco. Ainda de acordo com a fala do pesquisador, o ensino também tem muito a ganhar com a inclusão dos Esports, em especial a qualificação dos educadores, que ainda deixa muito a desejar: “A formação dos professores, entretanto, representa uma barreira na inclusão dos esports como parte dos estudos, uma vez que ainda não há programas que qualifiquem o professor a utilizar a modalidade nas escolas, além da infraestrutura não ser adequada para tal”, ressalta Bosco.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Os ingressos para o Esports Week podem ser comprados por meio do site do evento, que também traz informações detalhadas sobre a programação das palestras e atrações. O ESW acontecerá entre os dias 6 e 9 de fevereiro de 2019, no Centro de Convenções Rebouças, em Pinheiros, na capital de São Paulo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *