Especificações da Família AMD Ryzen 3000 vaza no YouTube

Para surpresa e alegria de todos, finalmente as especificações dos novos processadores AMD com arquitetura ZEN 2 (7nm) foram vazadas. Graças ao canal do YouTube AdoredTV (e o site WCCFtech), temos detalhes sobre seus designs, frequências e preços.

De bônus, o Youtuber também revelou detalhes sobre as novas AMD RX 3080, 3070 e 3060, modelos da lineup Navi de 7nm.

Ryzen 3

Os processadores mais modestos da nova geração são o Ryzen 3 3300 e 3300X. O vazamento lista também o 3300G (G, como nomenclatura conhecida para CPU Ryzen com gráficos integrados).

Todos os processadores possuem 6 núcleos e 12 Threads. A menor frequência está no Ryzen 3 3300G, com 3.0GHz — contudo, equipado com uma Navi de 15 compute units. Enquanto a maior frequência deles, o Ryzen 3 3300X, possui boost até 4.3GHz.

Tanto o 3300X quanto o 3300 consomem 65W de TDP. Já o 3300G apenas 50W.

Ryzen 5

Para os intermediários, Ryzen 5 3600X, 3600 e 3600G (esse último com chip gráfico integrado). Todos eles são equipados com 8 núcleos e 16 threads. Com frequências indo de 3.2GHz (com o 3600G) até boost de 4.8GHz (com clock base de 4.0GHz, no 3600X).

A diferença entre os chips gráficos que compõem o Ryzen 5 3600G e o Ryzen 3 3300G está na diferença de 5 compute units do modelo intermediário para o de entrada.

O consumo energético dá um salto no 3600X, chegando a 95W. Os outros dois modelos consomem apenas 65W.

Ryzen 7

Os Ryzen 7 3700X e 3700 receberam mais 4 núcleos, comparado com a geração anterior totalizando 12 núcleos e 24 Threads — utilizando dois dies Zen 2.

A frequência em boost vai até 4.6GHz (com o 3700, de 3.8GHz base) e 5.0GHz (com o 3700X, de 4.2GHz). O modelo com maior performance utiliza 105W, enquanto o outro ligeiramente menos, 95W.

Ryzen 9 (novidade!)

A AMD está incluindo novos processadores no segmento de altíssimo desempenho, com dois dies Zen 2 de 8 núcleos (16 no total) e 32 Threads por processador: Ryzen 9 3800X e 3850X.

O Ryzen 9 3850X alcança incríveis 5.1GHz (consumindo 135W) em boost, enquanto o outro fica atrás do 3700X (125W), com até 4.7GHz de boost.

Muitos núcleos, altas frequências

A estratégia da marca é utilizar a junção de dies nos processadores do segmento high-end. Por esse meio, poupa-se custos na produção dos chips — economia que pode chegar ao consumidor final.

Não foi citado no vazamento nenhum Ryzen Threadripper, resta aguardar por mais informações durante a CES 2019, evento que também promete informações oficiais sobre os processadores citados.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *