Epic Games anuncia loja de jogos digitais em concorrência com o Steam

A Epic Games vai competir com o Steam. A empresa publicadora de Fortnite informou nesta terça-feira (4) que vai montar a sua própria loja de jogos digitais. Para competir com a loja da Valve, ela ainda informou que vai cobrar menos das empresas que publicarem seus jogos em sua nova plataforma.

Chamado de Epic Games Store, o programa ainda não data oficial de lançamento nem revelou quais jogos estarão na plataforma. Contudo, a empresa já informou que deve focar em jogos de PC e Mac inicialmente, mas vai se voltar também para jogos menores e games para Android e outras plataformas no ano que vem. Mais detalhes serão dados na The Game Awards, premiação que acontece na próxima quinta, dia 6.

Para convencer empresas a entrarem nessa com ela, a Epic vai pedir uma fatia menor de receita dos usuários. No Steam, a Valve fica com 30% das vendas, sendo que a Epic ainda come outros 5% caso o título tenha sido feito com a Unreal Engine 4.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Contudo, a nova loja deve pedir das publicadores apenas 12%, idependente de qual engine seja usada. A própria empresa lembra que não leva em conta outras taxas de licenciamento como as da Unity. “Com 12% de fatia da Epic, nós vamos criar uma mercado rentável, vamos crescer e investir nos próximos anos”, explica a nota da empresa.

Empresa vai destinar 88% do lucro a empresa que usam a UE4 (Foto: Epic Games)

O serviço ainda promete contato direto com os jogadores, e uma plataforma para que criadores possam publicar vídeos usando YouTube e Twitch. Para quem levar seguidores a comprarem na plataforma, a empresa vai dividir uma parcela dos lucros. “Para ajudar os criadores, a Epic vai cobrir os primeiro 5% de receita dos criadores nos 24 primeiros meses”, informou.

Embora a Epic Games seja a detentora da Unreal Engine, ela é enfática em afirmar que a plataforma não será voltada apenas para produções com a sua ferramenta.

Concorrência

Isso deve aguçar ainda mais a tentativa da Valve de incentivar que publicadoras permaneçam com ela. Nesta segunda-feira (3), a empresa anunciou um novo programa em que vai diminuir a taxa que cobra de acordo com a quantidade de vendas de um título. Caso um game renda mais de US$ 50 milhões, a taxa da Valve cai de 30% para 20%.

Esta é uma estratégia clara da companhia em tentar manter as grandes empresas ainda no Steam. Recentemente, a Activision retirou a publicação dos novos jogos de Call of Duty, para serem publicados na Battle.net, da empresa irmã, Blizzard. Outra que fez isso é a Bethesda, que publicou o Fallout 76 na sua própria loja, a Bethesda.net.

Com dois grandes nomes do mercado, a Valve saiu da zona de conforto na qual estava há tanto tempo. A entrada da Epic neste jogo pode tornar as coisas ainda mais difíceis. Na próxima quinta, durante a The Game Awards é que será dito quais empresas estão entrando nessa com a nova loja da Epic Games.

Fonte: Unreal Engine

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *