Cerca de 400 mil roteadores no Brasil foram infectados para minerar criptomoedas

Um alerta aos usuários: pesquisadores descobriram que mais de 415 mil roteadores ao redor do mundo foram infectados com um malware que utiliza parte da capacidade de processamento desses dispositivos para minerar criptomoedas. O ataque afeta principalmente roteadores da marca MicroTik e iniciou-se em agosto, quando especialistas em segurança eletrônica descobriram que cerca de 200 mil aparelhos da marca haviam sido infectados — número que mais do que dobrou nos últimos quatro meses. E, o dado mais alarmante: a maioria dos roteadores afetados estão aqui mesmo no Brasil.

O problema foi descoberto primeiramente em agosto, quando pesquisadores informaram que cerca de 200 mil roteadores no Brasil haviam sido infectados pelo malware CoinHive — programa usado para minerar a criptomoeda Monero. E, em apenas um mês, o número de dispositivos afetados já havia passado para 280 mil.

A boa notícia é que os usuários já possuem as ferramentas para se defender deste ataque: a MicroTik pede para que os usuários de seus roteadores instalem a versão mais recente do firmware de seus aparelhos, que já possuem as ferramentas necessárias para combater o vírus. Além disso, Troy Mursch, do site Bad Packets Report, avisa que as operadoras de internet do país também podem ajudar nesse combate, enviando a atualização de firmware para todos os roteadores MicroTik que fazem parte de suas redes de forma remota, já que a maior parte dos roteadores desta marca estão ligados a essas empresas e são fornecidos junto com a assinatura de planos de internet banda larga.

Mursch avisa que a atualização de firmware que resolve esse problema já está disponível há meses, e o monitoramento das redes do país mostram que algumas das provedoras já atualizaram os roteadores de forma remota, fazendo com que milhares de computadores infectados saíssem da lista de ataque. Mas, infelizmente, parece que a maior parte das provedoras do país não estão preocupadas em fazer esse simples procedimento para acabar com um dos maiores ataques de mineração que o país já sofreu.

Caso o roteador de sua casa seja da MicroTik e você queira atualizar o firmware dele por conta própria, o download do programa e as instruções de como instalar a atualização podem ser encontradas no site da fabricante.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *