Microsoft fecha contrato para fornecer HoloLens ao exército dos EUA

A Microsoft e o Exército dos Estados Unidos firmaram um contrato de US$ 480 milhões que prevê a fabricação de até 100 mil headsets de realidade aumentada HoloLens. Com o acordo, a área militar do país contará com os gadgets para treinamento e combate.

A Microsoft saiu em vantagem em relação à concorrência, como a Magic Leap, por ter se concentrado, principalmente, em mercados corporativos, o principal foco dos headsets.

"A tecnologia de realidade aumentada vai fornecer às tropas mais e melhores informações para a tomada de decisões. Este novo trabalho amplia nossa longa e confiável relação com o Departamento de Defesa para a área", contou um porta-voz da Microsoft à imprensa norte-americana.

Além da tecnologia atual do HoloLens, o headset de nível militar ganhou sensoriamento térmico e visão noturna, desenvolvido tanto para treinamentos quanto para o campo de batalha. A empresa de Bill Gates deve fornecer ao menos 2.500 unidades do produto para o ramo militar nos próximos dois anos.

A relação das empresas de tecnologia com as forças armadas dos Estados Unidos vem dividindo opiniões. No ano passado, alguns funcionários começaram a enviar cartas aos líderes das companhias em que trabalhavam pedindo para que se retirassem de acordos. Em outubro, a Google desistiu de um processo de licitação do contrato JEDI no valor de US$ 10 bilhões para o Pentágono.

Os funcionários da Microsoft também demonstraram descontentamento, mas a companhia seguiu com suas ofertas.

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *