Bom para youtubers: Nintendo encerra o polêmico Programa de Criadores

Criado com o intuito de gerenciar os conteúdos criados com games relacionados a suas franquias, o Programa de Criadores de Conteúdo da Nintendo vai ser encerrado em 2019. Em seu lugar, a empresa japonesa vai estabelecer uma linha de boas práticas para quem deseja realizar transmissões, reviews e outros materiais relacionados a suas franquias.

Nintendo

O sistema gerou polêmica ao exigir que os criadores enviassem seus vídeos para a Nintendo para que ela os aprovasse antes de que eles fossem publicados. Além disso, a empresa, por padrão, tirava qualquer direito de monetização de vídeos divulgados pelo YouTube, e costumava até mesmo tirá-los do ar sem grandes explicações.

Diretrizes mais brandas

Sob as novas diretrizes, a companhia estimula que produtores façam comentários e inserções criativas em seus vídeos, mas afirma que não é permitido simplesmente reproduzir as produções originais. “Você pode, no entanto, publicar vídeos de gameplay e capturas de tela usando os recursos dos sistemas Nintendo, como o Botão de Captura no Switch, sem inserções ou comentários adicionais”, afirmou a empresa.

Nintendo

A desenvolvedora também alerta que só é possível transmitir conteúdos que foram lançados oficialmente ou usando os materiais oficiais oferecidos por ela — em outras palavras, quem transmitir “vazamentos” continuará sujeito a punições. Para completar, ela garante que será possível monetizar os vídeos usando programas de parcerias como aqueles estabelecidos pelo YouTube, Facebook, Twitch e Twitter — clique aqui para conferir o documento completo.

Via Voxel

Nintendo encerra seu polêmico Programa de Criadores via Voxel

Cupons de desconto TecMundo:

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *