Na China, é possível emprestar dinheiro mandando nudes como garantia

Na China, um modelo de financiamento que está muito em moda são os microempréstimos. A modalidade é famosa principalmente entre a juventude do país, que vê nesse tipo de operação a chance de satisfazer seus impulsos consumistas mesmo com os baixos salários, o alto custo de vida do país e as baixas oportunidades de crédito para aqueles que não possuem altos cargos em grandes multinacionais.

Esses empréstimos funcionam como um tipo de e-commerce onde, ao invés de comprar um produto de maneira direta, você o adquire através de um serviço de crédito que irá dividi-lo em diversas parcelas que encaixam no orçamento. É possível comprar de tudo com o modelo: iPhones, televisões 4K, automóveis, jacuzis, tudo dividido em pequenas prestações mensais que poderão ser pagas pelos próximos 5 ou 10 anos. Mas, como esses jovens não costumam possuir bens de valor (como imóveis e jóias), as empresas têm pedido como “garantia” dos empréstimos algo completamente controverso: nudes.

Diversos desses serviços de empréstimo têm aproveitado o desespero consumista de jovens, e exigem que elas mandem nudes segurando suas identidades como forma de garantia, e ameaçam mandar essas fotos para os amigos e família da garota caso o empréstimo não seja pago em dia.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Segundo dados do jornal chinês China Youth Daily, em 2016 foram vazados na web nudes de 161 jovens chinesas. A maioria da vítimas possuía entre 19 e 23 anos de idade, e havia emprestado valores que variavam entre U$ 1.000 e U$ 2.000. Além de terem seus nudes vazados, algumas das meninas receberam também a opção de se prostituírem para pagarem suas dívidas.

Esse tipo de transação é tão comum que, em 2017, o governo chinês criou uma série de leis para tentar acabar com as agências de empréstimo não autorizadas. Mas, apesar dos esforços, a prática de empréstimo de dinheiro em troca de nudes ainda é bastante comum nas redes sociais do país.

De acordo com as informações reveladas, os nudes são exigidos como garantias apenas no empréstimo para mulheres, não havendo essa exigência na operações com o gênero masculino. Acredita-se que o motivo para isso é que, na cultura do país, a vergonha social pelo vazamento de um nude é muito maior para a mulher do que para o homem.

Fonte: Vice

via Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *