NASA inicia testes de voos supersônicos silenciosos nos EUA

A NASA iniciou recentemente uma série de testes de voos supersônicos em Galveston, costa do estado do Texas. A experiência faz parte do projeto Quiet Supersonic Flights 2018 — Voos Supersônicos Silenciosos, em tradução livre —, no qual o objetivo principal é colher dados e desenvolver uma tecnologia para tornar esse tipo de voo mais silencioso no espaço urbano. Uma das principais características de jatos supersônicos é o fato de atravessarem a barreira do som e, consequentemente, gerarem um barulho ensurdecedor, capaz até de estourar vidros e disparar alarmes em terra firme.

Por outro lado, aviões desse modelo podem reduzir consideravelmente o tempo de qualquer voo comercial. No caso do saudoso Concorde, por exemplo, uma viagem que duraria em torno de 8 horas era feita em apenas 3 horas. Para isso, a NASA garante estar criando uma tecnologia chamada “quiet sonic boom” — “boom sônico silencioso” —, que permitiria a uma aeronave ultrapassar a barreira do som, mas sem produzir um som tão intenso.

Na primeira rodada de testes, está sendo usado o jato militar F/A-18, que inicia o voo cerca de 50.000 pés sobre o mar e, depois, faz uma manobra em direção à terra, com o intuito de gerar o efeito silencioso.

De acordo com publicação da agência espacial, o nível do som está sendo avaliado por 500 voluntários residentes de Galveston, que observam os voos e informam em uma pesquisa quais momentos ele é mais aceitável. Ela, então, pretende usar esses dados para voos experimentais com outro modelo de avião: o X-59 — avião supersônico de maior estrutura, desenvolvido em parceria entre a Lockheed Martin e a própria Nasa. Essa nova etapa da pesquisa está prevista para começar em 2022.

via Novidades do TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *